27 de mai de 2015

ÁLBUM DE CASAMENTO - Nora Roberts

Série : Quarteto de Noivas – Livro 01
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 288
ISBN: 9788580412215

nora roberts
 
Sinopse: Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes. 

Este é o primeiro livro "normal" da Nora Roberts que leio. Até agora, só tinha lido a Série Mortal. Confesso que não é o meu gênero preferido. Gosto mais da Nora escrevendo a Série Mortal, mas, de vez em quando, é bom variar.

São quatro amigas que organizam casamentos. Parker cuida da administração geral, Laurel do bolo e dos doces, Emma cuida da decoração e Mac cuida das fotos. O quarteto de noivas é formado por quatro livros, cada um contando a história de uma das quatro amigas.

Álbum de Casamento conta a história de Mac, uma mulher bonita, inteligente, bem sucedida e solteira. Ela vivia bem em sua solidão até que reapareceu Carter, um colega de escola. Carter confessa que foi apaixonado por ela na época de colégio e os dois começam a sair. Mac se vê apavorada com a perspectiva de um relacionamento sério; teme que vai decepcionar Carter e fazê-lo sofrer.

Carter é paciente e compreensivo. Além de inteligente, bonito, etc ... enfim: o cara perfeito e está apaixonado por Mac!

Mac tem alguns conflitos com sua mãe, uma pessoa egoísta e ridícula. Mas para tudo tem jeito, e ela também encontra um jeito de lidar com a mãe.

É uma história bem leve, poderia ser um filme de comédia romântica. Os protagonistas passam por alguns momentos tensos, mas é pouca coisa. A maior parte do livro descreve momentos alegres.

Para mim a história é perfeita demais, sei lá... todos são felizes e ricos... parece um conto de fadas. Não tenho muita paciência para esse tipo de livro, por isso leio poucos desse estilo. Mas, só porque não gosto do gênero, não posso dizer que o livro é ruim. Pelo contrário, é bom.

Para quem gosta do mundo das noivas: vestidos, decoração, bolos, fotos, cerimônia, o livro é um prato cheio, pois relata os eventos e os preparativos com riqueza de detalhes. É impossível não imaginar os lugares, as cerimônias e as decorações descritas no livro. A capa já é linda, então imaginem o que vocês vão encontrar lá dentro.

Recomendo para quem curte o gênero e para quem está procurando uma história de amor leve, doce, para relaxar. 

22 de mai de 2015

20 de mai de 2015

SEQUESTRADOS - Robert Crais

Editora: Companhia Editora Nacional
Ano: 2015
Páginas: 304
ISBN: 9788504019193


robert crais

Sinopse: Quando Nita Morales contrata Elvis Cole para encontrar sua filha desaparecida, ela não está com medo, mesmo tendo recebido um telefonema pedindo resgate. Ela sabe que é uma farsa, que sua filha está com o cara que Nita chama somente de “aquele garoto” e que eles precisam de dinheiro. Mas ela está errada. A moça e o namorado foram sequestrados por bajadores – bandidos que se aproveitam de outros bandidos, profissionais da fronteira que se aproveitam não só de vítimas inocentes, mas um do outro. Eles roubam drogas, armas e pessoas – comprando e vendendo vítimas como mercadorias, e matando aqueles que não geram negócio. Elvis Cole e Joe Pike encontram o local onde o casal foi sequestrado. Há marcas de pneus, cápsulas de balas e manchas de sangue. Eles sabem que as coisas podem não ser tão ruins quanto parecem. Mas eles também estão errados, porque a situação está prestes a piorar. O próprio Cole é sequestrado quando, à paisana, localiza os dois jovens e tenta compra-los de volta. E agora cabe a Joe Pike refazer os passos de Cole, infiltrando-se no duro e perigoso mundo do tráfico de pessoas para encontrar seu amigo.
O problema é que pode ser tarde demais...


Pela sinopse, já sabemos que os adolescentes Krista e Jack são sequestrados junto com um grupo de imigrantes ilegais. O detetive Elvis Cole, contratado para encontrá-los, também será sequestrado. Por causa dessas informações prévias, já comecei a leitura meio tensa e apreensiva.

Os capítulos se intercalam entre momentos do casal adolescente (narrativa em terceira pessoa) e momentos do detetive Cole (narrados em primeira pessoa). A narrativa não segue a ordem cronológica, isso pode confundir um pouco o leitor, mas é só prestar atenção na leitura para compreender a sequência dos fatos. É o primeiro livro do autor que leio, por isso não sei se essa forma de narrar é uma característica dele.

O livro inicia com o sequestro de Krista e Jack. No capítulo seguinte, a mãe de Krista contrata o detetive Cole para encontrá-los. No próximo capítulo, já aparecem os amigos de Cole (Pike e Stone) tentando resgatá-lo. Tomamos um susto com a rapidez dos acontecimentos! Seguindo a leitura, capítulo a capítulo, descobriremos como a investigação de Cole culminou em seu próprio sequestro. Quando finalmente chegamos no tempo presente, já estamos perto do final do livro. Nesse momento, aumenta nossa ansiedade para saber o que vai acontecer com todas aquelas pessoas sequestradas.

Na minha opinião, Pike e Stone roubaram a cena. Os caras são geniais, muito competentes e engraçados. Krista se mostrou muito esperta e corajosa. Jack foi valente, fez de tudo para protegê-la. O detetive Cole foi esperto, mas por ter sido sequestrado, temos a impressão de que não fez muita coisa.

É chocante pensar que acontecem essas coisas nos Estados Unidos. Em várias partes do mundo pessoas se submetem a viagens perigosas, desumanas para tentar fugir da miséria e da violência em seu país. Os aproveitadores tratam essas pessoas como objetos que podem ser descartados a qualquer momento, quando não tiverem mais serventia.

Recomendo a leitura para os fortes e para quem gosta desse tipo de livro. Contém cenas fortes e muita violência. É um suspense policial cheio de ação. É tenso, angustiante e revoltante, do começo ao fim!

13 de mai de 2015

UM CONTO DO DESTINO - Filme

Direção: Akiva Goldsman
Duração: 118 minutos
Ano: 2014
Classificação: 12 anos
Gênero: Fantasia, Romance, Drama

peter lake
Sinopse: Esta história fantástica, baseada em um romance literário, se desenvolve tanto na Manhattan dos dias atuais quanto no século XIX. Durante um inverno rigoroso, Peter Lake (Colin Farrell), um mecânico irlandês, decide roubar uma imensa mansão, fechada como uma fortaleza. Ele tem certeza que a casa está vazia, mas acaba encontrando uma garota (Jessica Brown Findlay) no interior. Quando ele descobre que ela está prestes a morrer, nasce uma história de amor entre os dois.

Essa é uma das poucas vezes em que achei o filme bem melhor que o livro! Achei o livro muito cansativo, descritivo e, muitas vezes, confuso (ver resenha do livro aqui).

Já o filme, é maravilhoso! Focado na linda história de amor de Peter Lake e Beverly Penn, não se perde em meio aos devaneios do livro. Os protagonistas interpretaram maravilhosamente bem seus papéis. Além de Peter e Beverly, também podemos ver outros personagens marcantes, como o cavalo Anthansor e a família Penn. O vilão Pearly não poderia ficar de fora, continua perseguindo Peter durante todo o filme.



peter lake e anthansor

Muitos personagens e acontecimentos do livro não aparecem no filme. Mas não achei isso ruim, pelo contrário, penso que dessa forma a história ficou mais leve e clara. Tive a impressão de que os caras pegaram as melhores partes do livro, modificaram algumas coisas que não faziam muito sentido e transformaram em um filme.

O final também é diferente; achei mais bonito que o do livro. Recomendo o filme para todos que leram e para todos que não leram o livro. Para assistir, você deve estar com o coração aberto, deixar o ceticismo de lado. É uma história mágica, nos faz pensar sobre a esperança e a força do amor.

E vocês, queridos leitores, gostaram mais do livro ou do filme? 


9 de mai de 2015

Maior grupo editorial francês vai traduzir a nova coleção de Toni Brandão para o público adolescente

Top School
 
A Hachette Jeunesse, um dos cinco maiores grupos editoriais do mundo e maior da França vai publicar a Coleção Top School, do Brasileiro Toni Brandão. A coleção foi lançada no Brasil pela Companhia Editora Nacional no final do ano passado e chegou até a França através de uma agente literária. Ainda sem previsão de lançamento por lá, a assinatura do contrato foi ratificada na semana passada e prevê o lançamento dos três volumes: Seleção Natural, Beleza Roubada e Código Secreto. 
 
A Hachette Jeunesse, especializada em livros infanto-juvenis está dividida em dois grupos: a Hachette Romans, para livros de texto corrido e por onde sairá a coleção de Toni Brandão; e a Hachette Images, para livros ilustrados.
 
A Coleção Top School tem como público o adolescente entre 11 e 16 anos e narra o cotidiano de uma midiática escola de formação de modelos e artistas teen. Selfies, paquera, mundo digital, família e afeto, competição, respeito, amor, amizade, inclusão social, limites e frustrações, são temas presentes em todos os livros da Coleção.
 
Toni Brandão é um dos poucos autores multimídia do Brasil especializado em público adolescente ou jovem adulto. Com 20 anos de carreira, seus livros somados já venderam 2 milhões de exemplares. Seus livros sempre trazem um olhar reflexivo e bem-humorado sobre os principais temas da atualidade e do universo do novo adolescente.
 
 
Essa é uma ótima notícia!
Ficamos muito felizes quando autores nacionais são reconhecidos também no exterior. Os dois primeiros livros da coleção já foram resenhados no blog. Confira as resenhas de Seleção Natural e Beleza Roubada.

6 de mai de 2015

RETRATO MORTAL - Nora Roberts

Série Mortal - Livro 16
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2011
Páginas: 448
ISBN: 9788528614992
nora roberts
Sinopse: Eve Dallas vive no ano de 2059, mas nem por isso é uma detetive diferente das atuais: corajosa, destemida, inteligente e muito impaciente. Neste mais recente livro de J.D. Robb, Retrato Mortal, ela está à caça de um serial killer que assassina vítimas jovens e inocentes, as fotografa após a morte e, no fim, envia as poses para os jornais como se fossem modelos à procura de um emprego. A trama começa quando um corpo é encontrado num reciclador de lixo, e uma repórter, amiga da tenente Eve Dallas, repassa a informação à policial. Eve parte, então, no encalço de um criminoso que se propõe a oferecer às suas vítimas a eternidade arrancando-lhes a vida no auge da juventude. O assassino, supostamente um fotógrafo ou uma fotógrafa, observa, analisa e registra cuidadosamente cada movimento de seus modelos antes de capturá-los. Sua missão macabra é absorver a inocência, a beleza, a juventude e a vitalidade das vítimas, sugando-as para a câmera com o intuito de tirar um derradeiro e assustador... retrato mortal. Para dificultar ainda mais a tarefa de Eve Dallas, um inesperado obstáculo se colocará à sua frente: seu marido, Roarke, descobrirá terríveis fatos sobre o próprio passado. Assim, ela terá de dar assistência ao homem que ama, caminhando na corda bamba que liga a sua vida profissional à pessoal, e buscando justiça nos dois lados do seu mundo. 

A Série Mortal definitivamente deveria passar na TV, se fosse um seriado, eu acompanharia todos os episódios!

No 16º livro, Eve precisa caçar um maluco que mata jovens e os fotografa no momento da morte. Ele acredita que poderá absorver a luz e a vitalidade das vítimas e eternizá-las por meio das fotografias.

Paralelamente às investigações de Eve, acompanhamos a luta de Roarke contra suas lembranças e segredos do passado que vem à tona. De uma hora para outra, seu passado mudou, transformou-se. Tudo o que ele acreditava que havia acontecido, era mentira. Roarke viaja para a Irlanda em busca de respostas. Não preciso nem dizer que Eve fica toda preocupada com ele. Como se não bastasse, Summerset, fiel mordomo de Roarke, está com a perna quebrada e também precisa de cuidados. Dessa vez, Eve tem que se desdobrar para dar conta de todos os problemas.

Mas isso tudo não atrapalha a investigação. Eve vasculha todas as possibilidades para descobrir a identidade do assassino. Enquanto isso, ele continua fotografando e matando jovens.

Neste livro há um destaque maior para outros policiais que trabalham na equipe de Dallas. Eles tem um papel determinante no desfecho da trama.

O final é alucinante, com muita ação! Além do mistério só ser revelado próximo ao fim, ainda acompanhamos a luta dos policiais contra o relógio para chegar a tempo de impedir mais um homicídio. Ufa! Quase fiquei sem fôlego!