8 de nov. de 2017

DESAPARECIDO PARA SEMPRE - Harlan Coben

Editora: Arqueiro
Ano: 2010
Páginas: 320
ISBN: 9788599296707

harlan coben

Sinopse: No leito de morte, a mãe de Will Klein lhe faz uma revelação: seu irmão mais velho, Ken, desaparecido há 11 anos e acusado do assassinato de sua vizinha Julie Miller, estaria vivo. Embora a polícia o considere um fugitivo, a família sempre acreditou em sua inocência. Ainda aturdido por essa descoberta e tentando entender o que realmente aconteceu com seu irmão, Will se depara com outro mistério: Sheila, seu grande amor, some de repente, e o FBI suspeita do envolvimento dela no assassinato de dois homens. Apesar de estarem juntos há quase um ano, Sheila nunca revelou muito sobre o seu passado. Enquanto isso, Philip McGuane e John Asselta, dois criminosos que foram amigos de infância de Ken, passam inexplicavelmente a rondar a vida de Will. Para descobrir a verdade por trás desses acontecimentos, ele conta apenas com a ajuda de Squares, seu colega de trabalho em uma fundação de assistência a jovens carentes e proprietário de uma escola de ioga famosa entre as celebridades, o que lhe garante acesso a topo tipo de pessoas e de informações.

A maior parte do livro é narrada em primeira pessoa pelo protagonista Will. Considero positivo o fato de alguns trechos serem narrados em terceira pessoa, pois dessa forma, o autor nos mostra mais sobre outros personagens, não somente o ponto de vista de Will.

O enredo está repleto de romance e drama familiar. O irmão de Will está desaparecido há 11 anos, suspeito de assassinato, e a mãe adoeceu e morreu. Para piorar a situação, a namorada de Will também desparece.

A trama tem uma boa dose de ação, tensão e suspense. Mas achei esse livro um pouco mais fraco que as outras obras de Coben. Não entendi muito bem a existência de alguns personagens. Fiquei meio confusa sobre a importância deles na história.

O lado positivo do livro é que o autor consegue nos surpreender no final. No último capítulo, quando o leitor acredita que já sabe o desfecho, surgem revelações bombásticas e concluímos que nada é o que parece. Mesmo não sendo um dos melhores livros de Coben, indico a leitura. 

2 comentários:

  1. Oi Leila!
    Adoro romances policiais mas ainda não li nada do Coben. Tenho aqui o Não Conte a Ninguém, que pretendo ler em breve. Se eu gostar vou procurar outros dele para ler também. :)
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!