14 de fev de 2018

O ANO EM QUE TE CONHECI - Cecelia Ahern

Editora: Novo Conceito
Ano: 2016
Páginas: 336
ISBN: 9788581638324



Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.


Jasmine mora sozinha e vive para trabalhar. Quando perde o emprego e é obrigada a ficar um ano sem trabalhar, por conta de uma licença obrigatória, fica perdida. A irmã mais velha, Heather, tem Síndrome de Down. Após a morte da mãe, Jasmine sente-se no dever de cuidar da irmã. Heather mora sozinha e tem a agenda cheia de compromissos, inclusive vários empregos. Então, na verdade, Jasmine não tem muito trabalho com a irmã.

Matt é apresentador de um programa de rádio. Jasmine o detesta porque, no passado, em um de seus programas, trouxe pessoas que falaram sobre a Síndrome de Down de forma preconceituosa. Sem ter muito o que fazer, Jasmine passa a espionar a vida do vizinho Matt. Observa da janela quando ele chega em casa bêbado tarde da noite, quando briga com a mulher, quando a mulher o abandona...

O livro é narrado em primeira pessoa por Jasmine. O diferencial é que ela não se dirige a nós leitores e sim ao vizinho Matt (até no título do livro!).

Achei a protagonista meio neurótica. Obcecada e superprotetora com a irmã. Isso sem falar no seu comportamento estranho (ficar espiando o vizinho pela janela, altas horas da noite, é coisa de doido). Ao invés de aproveitar as “férias” remuneradas de um ano para focar em projetos pessoais, traçar planos, conhecer pessoas, ela pira e começa a beber. Em alguns momentos a narrativa torna-se arrastada e chata, acho que é por causa da protagonista. Apesar de ser meio sem noção, Jasmine é sortuda: homens lindos e ótimas ofertas de emprego simplesmente caem do céu.

Apesar de ser um bêbado idiota, gostei de Matt. Gostei principalmente do seu sarcasmo. Matt protagoniza algumas cenas hilárias. Com ele, até Jasmine se torna mais divertida.

A primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa, achei linda! Esse é o segundo livro da autora que leio. O primeiro que li foi A Lista, resenha aqui. Assim como o outro, esse livro também passa mensagens importantes para a vida. Ensina que devemos nos sentir bem conosco mesmos, que a nossa felicidade e realização pessoal devem vir antes do trabalho. Também mostra que não devemos julgar as pessoas sem conhecê-las e antes de conhecer sua história. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!