27 de jul de 2013

50 TONS DE CINZA - E. L. James

Editora: Intrínseca
Ano: 2012



Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...
Fonte: Skoob

Finalmente, a resenha dos tão polêmicos 50 Tons!

Optei por resenhar a trilogia toda de uma vez porque li os livros em sequência e acho melhor opinar sobre a trama toda ao invés de falar de cada livro.

Quem nos narra a história é a protagonista Anastasia. Não simpatizei com ela, não gostei do seu jeito. Além de submissa, ela é muito insegura e indecisa. Talvez por isso a narrativa tenha ficado um pouco chata em alguns momentos, principalmente no primeiro livro, porque só vimos o ponto de vista dela. Em vários momentos eu gostaria de saber o que o Sr. Grey está pensando, mas isso não acontece.

Acho que tudo em excesso acaba prejudicando. Achei o primeiro livro meio "over". Muitas cenas de sexo, como se a vida das pessoas girasse em torno disso. Parecia que nossos protagonistas só se preocupavam com isso...

O que me interessou e me prendeu à leitura foi o suspense em torno do passado do Sr. Grey. Fiquei curiosíssima para saber o que aconteceu, quais os seus segredos, por que ele é assim? Nesse aspecto a autora soube trabalhar bem o suspense. Os segredos são revelados aos poucos ao longo da trilogia, atiçando ainda mais nossa curiosidade.

Em alguns momentos, a autora até colocou um pouco de ação na trama. Nada muito surpreendente, mas "chacoalhou" um pouco a história, o que foi bom.

Gostei muito dos personagens secundários, são divertidos e com personalidades marcantes. Talvez a autora pudesse tê-los explorado um pouco mais.

Não gostei do primeiro livro. O segundo e o terceiro ficaram melhores.

Quem gosta de leitura erótica vai adorar a trilogia e, quem não gosta, não vai gostar muito dos 50 Tons. São livros para adultos, com certeza. Menores não devem ler, de jeito nenhum.
 

6 comentários:

  1. Eu não tenho uma opinião final em relação a essa série, tinha horas que eu gostava e outras que não. Bom, da Anastasia, eu tenho certeza que não, como você disse, ela é extremamente imatura e submissa e isso me irritava ao extremo.
    Eu não sou igual essas pessoas que odeiam com todas as forças Cinquenta Tons Cinza. Acredito que é pelo fato da autora ter colocado esse passado do Grey, se não fosse por ele, o livro não teria mais nada.
    Adorei a resenha e concordo com você em muita coisa.
    Beijinhos
    Segredo de um Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Concordamos em várias coisas mesmo!
      Comigo aconteceu a mesma coisa, às vezes eu gostava e às vezes não.
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu não curti!
    Aliás, os dois primeiros livros eu fiquei muito curiosa, mesmo ignorando algumas partes ridículas das cenas, rs. Mas quando comecei a ler o terceiro eu não aguentei e abandonei de vez. rs

    Beijinhos.
    Clicando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também achei algumas partes ridículas... rs, rs.
      Beijos!

      Excluir
  3. Eu tenho os três, mas li o primeiro e não gostei e desanimei de ler o resto. Não gostei da Anastasia e nem da história, que na verdade nem teve muita além do sexo. Enfim, ainda pretendo ler os outros, mas não tão cedo.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei o primeiro livro o mais chatinho. Os outros são um pouco mais fáceis de ler.
      Beijos!

      Excluir

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!