25 de mai de 2016

Variedades - novela "Totalmente Demais" - Personagens chatos

Olá, pessoal!

Resolvi variar um pouco de assunto e falar de novelas. Às vezes, um pouco de cultura inútil também diverte. Quando criança e adolescente, admito que fui muito noveleira. Hoje em dia, tenho pouco tempo e pouca paciência para novelas. Mas, de vez em quando, assisto alguns capítulos para relaxar.
 
 

Na novela Totalmente Demais, o que me chamou atenção foi a quantidade de personagens chatos por metro quadrado. Ô gente chata! Vou enumerar alguns por ordem de chatice:


 
1º - o padrasto da Eliza (Dino)
Que cara burro e chato! Muito repetitivo, a novela inteira quer se vingar da Eliza. Já encheu o saco isso! Por que o autor não mata ele de uma vez?
 
2º - o irmão da Eliza (Carlinhos)
Chato igual ao pai. Mimado, rabugento.
 
 
3º - a mãe da Eliza (Gilda)
Tonta, bobona. Ficou anos casada com um traste e não percebeu. Preferiu acreditar no marido canalha do que na própria filha.
 
4º - Eliza
Muito ingênua, indecisa, cheia de nhenhenhém. Por que não decide logo com quem quer ficar? Briga com um e corre para os braços do outro e vice e versa. A novela toda isso...
 
5º – Sofia
Chata e mimada. Não sabe o que quer. Só quer se vingar de pessoas que querem o seu bem. Ainda bem que já morreu...
 
6º – Jacaré
Bandidinho chato. Ficou a novela toda querendo se vingar do Jonatas e da Eliza. Uma marionete sem cérebro nas mãos da Sofia.
 
7º – Suely/Suelen
Fez uma pequena participação, ainda bem! Muiiiito chata, com uma voz irritante e uma roupa horrorosa.
 
O restante da lista deixo para vocês completarem, pois tem muitos outros chatos nessa novela. Acho que o autor errou a mão ao estender a trama por causa da audiência. Já estava de bom tamanho, poderia ter terminado quando era a hora. Agora, ficou uma coisa repetitiva, uma enrolação.

Tenho a impressão de que não se fazem mais novelas como antigamente. Nas décadas de 80 e 90, lembro que adorava assistir! Hoje em dia, acho tudo um tédio. Será que as novelas sempre foram ruins, e fui eu que me tornei mais crítica, ou será que as novelas eram um pouco melhores?

Falando nisso, vocês viram a remake/releitura da novela Sassaricando? Sim, para quem não sabe, essa nova novela das sete Haja Coração é uma releitura da novela de sucesso da década de 80. Só pelas propagandas, já vi que não vou gostar. O elenco e personagens não chegam nem perto dos originais, achei muito forçados. Já que está sem criatividade para criar novas tramas, porque a Globo simplesmente não reprisa a novela original? As remakes geralmente não dão certo...

Para quem não conheceu a novela Sassaricando, é só dar uma pesquisada na internet, que encontrará várias fotos e vídeos.
 
Raposo e Fedora
 

Rebeca, Penélope e Leonora
 
Tancinha, Guel e Beto
 
E vocês, o que acham?

4 de mai de 2016

O DELATOR - Tess Gerritsen

Editora: Harlequin
Ano: 2011
Páginas: 320
ISBN: 978853980742


 
Sinopse: Em uma noite chuvosa, no meio da estrada, um estranho fugindo de assassinos surge bem na frente do carro de Cathy Weaver. O comportamento delirante de Victor Holland dava a entender que se tratava de um homem à beira da loucura. Mas sua afirmação de que estava sendo perseguido poderia ser atestada pelo temor no olhar e pela bala cravada no ombro. À medida que as horas passam e os perseguidores se aproximam, Cathy não consegue evitar um único pensamento; ela estaria ajudando uma pessoa em perigo ou colocando sua vida nas mãos de um homem perigoso? 
 
Esse livro é um pouco diferente dos outros suspenses de Tess que li até agora. Também tem muito suspense e ação, mas o diferencial é o romance. Acontece uma história de amor durante a trama.

Catherine está a caminho de visitar uma amiga quando atropela um homem. Ela fica apavorada com a situação, o sujeito parece estar muito mal, e o leva para o hospital. O que ela não sabe é que, antes do atropelamento, ele estava fugindo para não ser assassinado. Cathy não sabe, mas também passa ser alvo. A partir daí, os dois passam a lutar para salvar suas vidas.

O suspense fica por conta do motivo da perseguição. Por que o FBI e uma grande empresa estão querendo matar Victor? Qual segredo querem esconder? O livro é repleto de cenas de ação, principalmente de fuga. E o romance fica por conta de Victor e Cathy. O romance entre os dois torna o livro mais leve.

Victor e Cathy são legais, mas os personagens que mais me agradaram são os amigos da época de juventude de Victor. Os caras são muito engraçados.

Não se pode comparar a obra com O Cirurgião, porque são livros bem diferentes. Apesar da diferença, gostei do livro. Indico a leitura para quem gosta de suspenses com uma pitada de romance.