24 de dez de 2014

BOAS FESTAS!!!

Queridos leitores do blog!

Desejo a todos um Feliz Natal e um 2015 cheio de livros maravilhosos!


natal garfield
Passe o final de ano com as pessoas que são importantes na sua vida. 
Alegre-se com as pequenas coisas. 
Celebre e valorize tudo de bom que você tem!




BOAS FESTAS!
ATÉ 2015!

17 de dez de 2014

GRAVIDADE

Direção: Alfonso Cuarón
Duração: 90 minutos
Ano: 2013
Classificação: 12 anos
Gênero: Ficção Científica

filme
 
Sinopse: Matt Kowalski (George Clooney) é um astronauta experiente que está em missão de conserto ao telescópio Hubble juntamente com a doutora Ryan Stone (Sandra Bullock). Ambos são surpreendidos por uma chuva de destroços decorrente da destruição de um satélite por um míssil russo, que faz com que sejam jogados no espaço sideral. Sem qualquer apoio da base terrestre da NASA, eles precisam encontrar um meio de sobreviver em meio a um ambiente completamente inóspito para a vida humana. 

Para um filme que venceu 7 Oscars, confesso que esperava mais.

Achei chato, muito parado e repetitivo. Na maior parte do filme a Sandra Bullock só fica respirando e dizendo "ok, ok". Quando algo sai errado ela solta um palavrão.

Também esperava mais do final, fiquei com a impressão de que ficou faltando mostrar mais alguma coisa.

Tudo bem, os efeitos especiais são muito bons, mas achei o enredo fraco. Talvez eu não tenha gostado porque não sou muito fã de filmes sobre o espaço. As pessoas que gostam desse tipo de filme devem ter gostado mais. Mas, mesmo não sendo fã, lembro que gostei muito de filmes como Apollo 13 e Armagedom. Comparando com filmes assim, acho que Gravidade deixou a desejar.

E vocês, já assistiram?

O que acharam do filme?

 

10 de dez de 2014

UMA QUESTÃO DE CONFIANÇA - Louise Millar

Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Páginas: 384
ISBN: 9788581631936 

Sinopse: Em um subúrbio tranquilo de Londres, algumas mães se ajudam através de amizade, favores e fofocas. No entanto, algumas delas não parecem confiáveis e outras têm segredos obscuros. Quando Callie se mudou para seu novo bairro, pensou que seria fácil adaptar-se. Contudo, os outros pais e mães têm sido estranhamente hostis com ela e com sua filha, Rae, que também descobriu como é difícil fazer novas amizades. Suzy, seu marido rico e seus três filhos parecem ser a única família disposta a fazer amigos, mas, recentemente, a amizade com Suzy anda tensa. Ainda mais com a atmosfera pesada que pairou sobre o bairro após a chegada da polícia e o relato de um possível suspeito morando no bairro. O que Callie e sua pequena Rae podem esperar? Em quem confiar? E, sobretudo, como imaginar que certas atitudes rotineiras podem colocar em risco a vida de sua pequena filha? Verdades e mentiras parecem se esconder nestas pequenas casas.


O livro narra a história de três mulheres ansiosas e seus dramas familiares. As três são meio malucas. Todas tem alguma esquisitice e algum conflito interior. Não simpatizei com nenhuma delas, principalmente até a primeira metade do livro. A partir da segunda metade, comecei a simpatizar um pouco com uma delas (a mais improvável, na minha opinião).

Os três homens são coadjuvantes da história. São uns machistas babacas e sem atitude. Deixam todos os problemas para as mulheres, não as apoiam e não resolvem nada.

É um livro diferente, pois é um suspense que envolve famílias. No início, o leitor pode achar que é um livro chatinho, com romances e dramas familiares. Mas não é só isso. É tenso. A medida que o leitor progride na leitura começa a ficar cismado com algumas coisas estranhas que acontecem. A partir da metade do livro, os segredos começam a ser revelados e as perguntas são respondidas.

A autora conseguiu me surpreender com os segredos das personagens. Também conseguiu me enganar sobre o caráter delas. No momento em que os segredos são revelados, você percebe que nada é o que parece. A partir da leitura do livro, você começa a pensar em como as aparências enganam...