6 de set de 2017

CAIXA DE PÁSSAROS - Josh Malerman

Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Páginas: 272
ISBN: 9788580576528


Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

Não abra os olhos.

Imagine se, de repente, as pessoas começarem a enlouquecer, matar quem está próximo e depois tirar a própria vida das formas mais horríveis possíveis.

Inicialmente, foram casos isolados. Mas em pouco tempo, o número de casos aumentou assustadoramente, e agora, parece que já afetou o mundo inteiro!

Não se sabe muito sobre esse surto. Tudo o que se sabe é que, antes de enlouquecer, as pessoas enxergam alguma coisa. Uma criatura tão incrível que a mente humana não consegue compreender e por isso enlouquece.

A protagonista dessa história é Malorie. Após sua irmã suicidar-se, Malorie fica sozinha e grávida. Com medo, se junta a outras pessoas que estão abrigadas em uma casa. Na luta pela sobrevivência, apesar da tensão, essas pessoas acabam criando laços de confiança e afeto.

Todas as janelas da casa estão fechadas com cobertores. Sempre que precisam sair da casa, os moradores vendam os olhos. O medo de encontrar com uma das criaturas é imenso.

Os capítulos se alternam entre o passado e o presente. No presente, Malorie está com duas crianças de quatro anos em um barco descendo o rio (todos com os olhos vendados!) tentando chegar a um local seguro onde há outras pessoas vivendo. No passado, acompanhamos todos os acontecimentos da casa até chegar ao ponto em que Malorie está agora.

Malorie é muito corajosa, mas algumas coisas que ela faz são muito impossíveis! Achei algumas partes do livro um pouco forçadas. Também achei estranho que, em nenhum momento, as pessoas perguntam como são as tais criaturas, não pedem uma descrição para quem as viu (antes de a pessoa enlouquecer, claro!).

O livro é perturbador do início ao fim. Há mais aflição do que suspense. Algumas coisas são reveladas já no começo. Dessa forma, o leitor já sabe o que vai acontecer, mas não sabe quando e como. E isso é aterrorizante! Alguns mistérios são revelados somente no final. E alguns permanecem sem desfecho, ficando a critério do leitor imaginar o que aconteceu. Recomendo o thriller para quem está em busca de uma leitura tensa e perturbadora.

30 de ago de 2017

FIQUE COMIGO - Harlan Coben

Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 288
ISBN: 9788580411294 

 
Sinopse: A vida de Megan Pierce nem sempre foi um mar de rosas. Houve uma época em que ela nunca sabia como seria o dia seguinte. Mas hoje é mãe de dois filhos, tem um marido perfeito e a casa dos sonhos de qualquer mulher e, apesar disso, se sente cada vez mais insatisfeita. Ray Levine já foi um fotógrafo respeitado, mas agora, aos 40 anos, tem um emprego em que finge ser paparazzo para massagear o ego de jovens endinheirados obcecados em se tornar celebridades. Broome é um detetive incapaz de esquecer um caso que nunca conseguiu resolver: há 17 anos, um pai de família desapareceu sem deixar rastros. Todos os anos ele visita a casa em que a mulher e os filhos do homem esperam seu retorno. Essas pessoas levam vidas que nunca desejaram. Agora, um misterioso acontecimento fará com que seus caminhos se cruzem, obrigando-as a lidar com terríveis consequências de fatos que pareciam enterrados havia muito tempo. E, à medida que se deparam com a faceta sombria do sonho americano - o tédio dos subúrbios, a angústia da tentação, o desespero e os anseios que podem se esconder nas mais belas fachadas -, elas chegarão à chocante conclusão de que talvez não queiram deixar o passado para trás. 

Três pessoas estão ligadas ao desaparecimento de um homem há 17 anos: Broome, Megan e Ray.

Broome é o detetive que até hoje não se conforma por não ter solucionado o caso. Ainda visita a esposa do desaparecido. Ninguém sabe o que aconteceu com seu marido, pode estar vivo ou morto.

Megan é uma dona de casa de classe média alta com dois filhos, uma casa bonita e um marido atencioso. Tem tudo para ser feliz, mas sente falta de algo. Sente falta da vida que levava antes. Megan precisou fugir para salvar sua vida e proteger Ray. Os problemas recomeçam quando ela decide fazer uma visita ao passado.

Ray é um fotógrafo deprimido e fracassado. Algo aconteceu em sua vida que fez com que ele desistisse de ser feliz. O passado volta à tona quando alguém rouba sua câmera fotográfica. A pessoa que a roubou estava atrás de uma fotografia. A foto foi tirada no mesmo local do desaparecimento de 17 anos atrás. O homem que está na foto também sumiu.

Após o desaparecimento de um segundo homem, o detetive Broome se vê diante de uma série de perguntas: Será que existe um assassino em série? Será que os homens desaparecidos ainda estão vivos? Será que o primeiro voltou para se vingar? Será que Ray é o culpado?

No decorrer da investigação, surgem outros casos de desaparecimento e também algumas mortes misteriosas. Pessoas inocentes se machucam ou morrem.
 
Nenhum dos personagens conseguiu cativar-me. Talvez porque todos são anti-heróis: cometem muitos erros e são cheios de defeitos. E tomam cada decisão estúpida!

No geral, o suspense é bom. Tinha duas teorias, mas acertei somente uma e consegui solucionar uma parte do mistério, o restante foi uma surpresa. Gostei do livro, porque o autor conseguiu esconder a verdade até o final.

 

23 de ago de 2017

O SEGREDO DO MEU MARIDO - Liane Moriarty

Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 368
ISBN: 9788580574791



Sinopse: Imagine que seu marido tenha lhe escrito uma carta para ser aberta apenas depois que ele morresse. Imagine também que essa carta revela o pior e o mais profundo segredo dele - algo com o potencial de destruir não apenas a vida que vocês construíram juntos, mas também a de outras pessoas. Imagine, então, que você esbarra nessa carta enquanto seu marido ainda está bem vivo... Cecilia Fitzpatrick tem tudo. É bem-sucedida no trabalho, um pilar de sua pequena comunidade, uma esposa e mãe devotada. Sua vida é tão organizada e imaculada quanto sua casa. Mas uma carta vai mudar tudo, e não apenas para ela: Rachel e Tess mal conhecem Cecilia - ou uma à outra -, mas também estão prestes a sentir as repercussões do segredo do marido dela. Emocionante, O segredo do meu marido é um livro que nos convida a refletir até onde conhecemos nossos companheiros - e, em última instância, a nós mesmos.


A trama gira em torno de três mulheres bem diferentes que têm suas vidas unidas por causa de acontecimentos do passado que refletem no presente.

Cecília é casada com Jean-Paul e tem três filhas. Sua vida parecia perfeita até descobrir o segredo que seu marido guarda há muito tempo. Após a descoberta, Cecília não sabe o que fazer. Por causa dos fatos narrados, não fica difícil para o leitor deduzir qual o segredo de Jean-Paul.

Tess é casada com Will e tem um filho pequeno. Felicity é sua prima e melhor amiga, que está sempre por perto. Tudo ia bem até Will e Felicity revelarem que se apaixonaram. O mundo de Tess desaba. Ela se sente duplamente traída, pelo marido e pela amiga.

Rachel é uma viúva solitária que ama seu netinho. Sua vida perde o sentido quando o filho e a nora avisam que pretendem mudar-se para outro país, levando seu neto. Rachel carrega uma grande dor no peito: perdeu sua filha de 17 anos, assassinada. Nunca superou essa dor. O neto é sua única alegria.

Das três, a minha preferida é Tess. Decidida, mulher de atitude. Logo que descobre a traição, pega seu filho e volta para a casa da mãe. Talvez ela tenha tomado algumas decisões precipitadas... Mas não é mulher de ficar se lamentando.

Cecília é muito controladora e mandona, mas perde o chão após a descoberta do segredo. Não sabe o que fazer. Jean-Paul é um banana, sem atitude, fica totalmente nas mãos de Cecília.

Rachel é muito deprimida e fica com pena de si mesma. Tantos anos após a morte da filha, ainda fica remoendo isso todos os dias. Isso sem falar que ela não deu atenção ao seu marido e ao seu filho.

Não demora muito para que o leitor conheça o segredo de Jean-Paul. Após a revelação, o leitor perceberá como as histórias das três mulheres vão se cruzar.

O final é bem chocante. Nos mostra que guardar segredos pode ter consequências terríveis. Às vezes, os inocentes pagam pelos erros dos outros. Também mostra como a vida das pessoas pode mudar totalmente por causa de detalhes que parecem insignificantes: uma decisão errada, um esquecimento, um atraso...

16 de ago de 2017

GORDELÍCIAS

Cacau Protásio, Fabiana Karla, Simone Gutierrez e Mariana Xavier

Editora: Academia
Ano: 2017
Páginas: 192
ISBN: 9788542209211

Sinopse: Ao lerem numa revista feminina que as mulheres acima do peso deveriam ir à praia se ficassem enterradas na areia, somente com a cabeça para fora, as atrizes Cacau Protásio, Fabiana Karla, Simone Gutierrez e Mariana Xavier não conseguiram ficar caladas. Munidas de toda a sua indignação se uniram para protagonizar um protesto à altura da provocação: um ensaio fotográfico... na praia. A bordo de seus modelitos verão, as garotas, conhecidas do grande público por suas performances em comédias de sucesso (como Zorra Total e Vai Que Cola, entre outras atrações da TV e do teatro), desfilaram todo o seu charme, beleza e autoestima pelas areias de uma praia do Rio de Janeiro. Assim surgiu o movimento “Gordelícias”. Não satisfeitas, resolveram se reunir novamente para prestar um serviço social e de utilidade pública: escrever relatos nos quais contassem, com o bom humor que lhes é peculiar, suas aventuras a bordo de um shape que, muitas vezes, é rechaçado pela sociedade preconceituosa e pelas indústrias da moda e da beleza. O resultado é este divertido livro que abriga as histórias da infância, da adolescência, da vida adulta e profissional dessas quatro talentosas e espirituosas atrizes. E não precisa estar acima do peso para se identificar com as crônicas, porque o que você vai ler aqui é uma coletânea de lições de vida e de superação.


Achei esse livro muito bom para levantar a autoestima de todas as mulheres, principalmente aquelas que acham que estão fora do padrão de beleza ditado pela mídia e pela sociedade em geral. É uma leitura leve e divertida.

As quatro atrizes narram alternadamente sua história de vida. Contam como se sentem e como convivem com o preconceito presente no seu dia a dia. No final do livro, encontramos o perfil de cada atriz, com fotos.

O livro não é indicado somente para quem está acima do peso. É indicado para todas as mulheres que estão insatisfeitas com seu corpo ou sua aparência. Ensina que, ao invés de preocupar-nos com aquilo que não gostamos, devemos valorizar o que temos de mais bonito. Comprar roupas e acessórios dos quais gostamos. Esquecer os rótulos do tipo “preto emagrece”, “listras engordam”, etc., e vestir a roupa que nos faz bem.

Antes de preocupar-nos com a aparência, devemos pensar em nossa saúde. Acho que o livro não deve servir como uma forma de enaltecer a obesidade. No momento em que o sobrepeso nos fizer mal, precisamos tomar uma atitude. Não adianta dizer que ser gorda é legal se estivermos cheias de problemas de saúde. Uma alimentação balanceada e atividades físicas são importantes para qualquer tipo físico: altas, baixas, magras, gordas, ruivas, morenas... E o mais importante de tudo, é ser feliz!

9 de ago de 2017

O FIO DO BISTURI - Tess Gerritsen

Editora: HarperCollins
Ano: 2016
Páginas: 240
ISBN: 9788569809548

tess gerritsen

Sinopse: Aquele parecia ser apenas um procedimento cirúrgico de rotina. A Dra. Kate Chesne injetou duzentos miligramas de sódio pentotal na linha endovenosa de sua paciente e colega de equipe, e aguardou até a anestesia pegar. Mas logo o monitor disparou o alarme. O coração da enfermeira Ellen O’Brien havia parado. Um óbito estúpido e absolutamente inesperado. E todas as suspeitas recaem sobre Kate. Afinal, tudo indicava que ela havia avaliado erroneamente o eletrocardiograma de Ellen. Para David Ransom, o caso começou encerrado. Má prática. Como advogado da família O’Brien, ele iria condenar a anestesista em um estalar de dedos. Afinal, essa era sua especialidade. Mandar para a cadeia médicos incompetentes. Mas ele não esperava ter seu escritório invadido por Kate, tampouco ser desafiado a buscar a verdade. Kate estava certa de que fora usada. Quando um médico e uma enfermeira são encontrados com os pescoços lacerados, David começa a dar crédito a ela. Um assassino anda a solta entre os pacientes e a equipe do Hospital de Honolulu. Agora David busca respostas para as mesmas perguntas de Kate. Quem será o próximo? E por quê?

Esse livro da Tess é um pouco diferente dos outros. Também tem suspense e assassinatos, mas tem mais romance que nos outros livros.

A doutora Kate está sendo acusada de cometer um erro que levou Ellen à morte. Kate tem certeza de que não cometeu erro nenhum. O pior é que a paciente morta também era médica e era sua amiga.

David, que detesta médicos, é o advogado da família de Ellen e quer acabar com a carreira de Kate através de um processo.

Um romance entre os dois parece improvável, mas é o que vai acontecer...

No início, David tem certeza de que Kate é culpada. Mas os acontecimentos e o comportamento da médica começam a fazer com que acredite nela. Quando outros médicos são assassinados, Kate começa a investigar e pedirá ajuda a David. O desenrolar dos acontecimentos fará com que David precise protegê-la. Vocês já sabem como termina, né?

O romance dos dois é cheio de incertezas e idas e vindas. Os dois são teimosos e desconfiados demais para se entregarem por completo e assumir seus sentimentos. David sofreu muito no passado, por isso tem medo de amar novamente. Ele é bem cabeça dura! Demora muito a reconhecer seu amor por Kate.

A parte do suspense é boa. Demorei um pouco para descobrir o motivo dos assassinatos. E demorei mais ainda para descobrir quem é o assassino.

Indico para quem curte um bom suspense com uma pitada de romance.

28 de jun de 2017

CONFIE EM MIM - Harlan Coben

Editora: Arqueiro
Ano: 2009
Páginas: 320
ISBN: 9788599296462

harlan coben

Sinopse: Preocupados com o comportamento cada vez mais distante de seu filho Adam - principalmente depois do suicídio de seu melhor amigo, Spencer Hill -, o Dr. Mike Baye e sua esposa, Tia, decidem instalar um programa de monitoração no computador do garoto. Os primeiros relatórios não revelam nada importante. Porém, quando eles já começavam a se sentir mais tranquilos, uma estranha mensagem muda completamente o rumo dos acontecimentos: "Fica de bico calado que a gente se safa." Perto dali, a mãe de Spencer, Betsy, encontra uma foto que levanta suspeitas sobre as circunstâncias da morte de seu filho. Ao contrário do que todos pensavam, ele não estava sozinho naquela noite fatídica. Teria sido mesmo suicídio? Para tornar o caso ainda mais estranho, Adam combina ir a um jogo com o pai, mas desaparece misteriosamente. Acreditando que o garoto está correndo grande perigo, Mike não medirá esforços para encontrá-lo. Quando duas mulheres são assassinadas, uma série de acontecimentos faz com que a vida de todas essas pessoas se cruzem de forma trágica, violenta e inesperada. 

Mike e Tia tem dois filhos: Adam, um adolescente de 17 anos, e Jill, uma menina muito esperta de 11 anos. Mike é médico e Tia é advogada. Os dois estão preocupados com Adam, que está muito estranho ultimamente, principalmente após o suicídio de seu melhor amigo Spencer. Os problemas do casal começam quando Adam foge de casa. Temendo que aconteça alguma tragédia, Mike sai alucinado atrás de pistas sobre o paradeiro do filho.

Enquanto isso, duas mulheres são brutalmente assassinadas. Os assassinos estão atrás de algo. O leitor fica se perguntando: qual a relação dos assassinatos com o desaparecimento de Adam? Será que existe alguma relação? O que os assassinos estão procurando? O livro guarda o mistério até perto do final.

Conhecemos os moradores da vizinhança de Mike. Parece que todos escondem segredos, alguns bem sombrios. Será que algum dos vizinhos está envolvido no desaparecimento de Adam? E nos assassinatos das duas mulheres?

À medida que avançamos na leitura, as peças vão se encaixando. O quebra-cabeças é bem complexo. No final, o leitor perceberá que personagens, fatos e segredos estão ligados de alguma forma. A última revelação é a mais surpreendente de todas!

A sinopse e a capa, que é muito bonita, chamaram minha atenção. Fazia tempo que não lia um livro do Harlan Coben, estava com saudades. Depois da leitura de Confie em mim, fiquei com vontade de ler mais obras do autor.

21 de jun de 2017

O PREDADOR - Tess Gerritsen

Série: Rizzoli & Isles – Vol . 11
Editora: Record
Ano: 2015
Páginas: 368
ISBN: 9788501106544

 
Sinopse: A isca mais irresistível para um predador é a única sobrevivente do seu ataque Um grupo de turistas desembarca em Botsuana para um safári, sem imaginar que entre eles há um assassino cruel, um predador que, ao fim de uma semana, transforma uma aventura na selva em um pesadelo. O que ele não sabe é que, nessa caçada humana, uma de suas presas consegue escapar. Seis anos depois, um homem é pendurado e eviscerado em sua própria casa em Boston. A descoberta de um esqueleto enterrado em um quintal em outra parte da cidade faz com que a detetive Jane Rizzoli e a patologista Maura Isles desconfiem de que as duas mortes estejam relacionadas e de que o assassino vem cometendo seus crimes há anos. Todos os indícios apontam que a solução do caso está na África, e Jane precisa convencer a única sobrevivente do massacre a enfrentar a morte mais uma vez.

Dessa vez, a história começa em Botsuana, na África. Millie está com um grupo de turistas na mata. São sete turistas, mais dois guias. Tudo ia bem até que uma pessoa morre. Ao que tudo indica, foi um ataque de animais selvagens. Dali em diante, tudo começa a dar errado: o carro enguiça e outra pessoa morre. Após a segunda morte, o grupo começa a desconfiar que pode haver um assassino entre eles. Logo desconfiam da pessoa mais óbvia. Millie é a única vítima que consegue fugir e sair viva do massacre. Mas o assassino também continua vivo...

Seis anos depois, dois crimes em Boston podem estar ligados ao massacre que ocorreu na África. Alguns indícios levam a crer que o mesmo assassino voltou a atacar. Jane e Maura começam a vasculhar o passado e encontram Millie, que é a única que pode identificar o assassino.

Maura logo faz a ligação entre os casos. Jane e os demais policiais não acreditam na teoria de Maura. Com a descoberta de outros crimes parecidos que ocorreram há anos, Jane começa a acreditar que pode ser o mesmo assassino. Mas o detetive Crowe continua questionando Jane. Que cara chato esse Crowe! Não traz nenhuma informação útil e só sabe criticar os outros.

Na minha opinião, Jane e Maura, pisaram na bola algumas vezes. Deixaram de perceber algumas coisas bem óbvias e deixaram a testemunha sozinha. Não se deixa uma testemunha sozinha!

Apesar desses pequenos deslizes, o suspense é muito bom. O assassino não é óbvio. No final, tudo é bem explicado, não ficaram pontas soltas. Recomendo a leitura!

14 de jun de 2017

CONFISSÕES - Kanae Minato

Editora: Vestígio
Ano: 2017
Páginas: 176
ISBN: 9788582863718

kanae minato

Sinopse: O mundo da professora Yuko Moriguchi girava em torno da pequena Manami, uma garotinha de 4 anos apaixonada por coelhinhos. Agora, após um terrível acontecimento que tirou a vida de sua filha, Moriguchi decide pedir demissão. Antes, porém, ela tem uma última lição para seus pupilos. A professora revela que sua filha não foi vítima de um acidente, como se pensava: dois alunos são os culpados. Sua aula derradeira irá desencadear uma trama diabólica de vingança.

Seus alunos mataram sua filha. Agora ela quer se vingar.

Confissões é um livro tenso do início ao fim. Cada capítulo é narrado por um dos personagens, conhecemos o ponto de vista, os sentimentos e pensamentos de cada um.

O primeiro capítulo é narrado pela professora Moriguchi que perdeu sua filha de 4 anos. No último dia de aula, Moriguchi conversa com a turma do sétimo ano e revela que a morte da filha não foi um acidente. O mais chocante é que os assassinos são dois alunos da turma. A professora fala sobre os acontecimentos e suas descobertas até chegar aos autores do crime. O capítulo é longo e tenso, mas o leitor não vai conseguir parar de ler até saber como a professora vai se vingar dos assassinos. A vingança só é revelada no final do capítulo. É uma coisa totalmente surpreendente! Impossível prever.

A vingança de Moriguchi é só o começo. Nos capítulos seguintes, descobrimos de que forma as palavras da professora afetaram a vida dos alunos. As consequências são trágicas. Existem muitos segredos. Conhecemos o passado dos alunos envolvidos no crime e as razões que os levaram a cometê-lo. Todos os personagens são problemáticos e escondem lados escuros. Fiquei me perguntando: será que no Japão a maioria das crianças é assim?

É um thriller cheio de reviravoltas, que vai surpreender o leitor diversas vezes. É uma sucessão de revelações, uma mais chocante que a outra! No final do livro, um acontecimento, talvez o mais chocante de todos, deixará o leitor estarrecido.

Excelente qualidade do papel. Diagramação super caprichada, sem erros de ortografia ou de digitação. Recomendo para quem procura um thriller tenso e diferente!

7 de jun de 2017

DESAPARECIDAS - Tess Gerritsen

Série: Rizzoli & Isles – Vol . 5
Editora: Record
Ano: 2008
Páginas: 384
ISBN: 9788501077332

 
Sinopse: Aquela mulher parecia ser mais um corpo na mesa fria do necrotério. Mas quando a legista Maura Isles inspeciona o cadáver, algo assustador acontece: a mulher abre os olhos. Ainda viva, ela é levada rapidamente para o hospital. Mas o bizarro logo se transforma em perigo. Com uma precisão chocante, ela mata um segurança e faz reféns... um deles, uma paciente grávida. Quem é essa pessoa violenta e desesperada, e o que ela quer? 

O livro começa com uma narrativa em primeira pessoa. Mila nos relata seu sofrimento e todos os momentos horríveis que passou nas mãos de cafetões que escravizam estrangeiras para a prostituição.

Enquanto isso, Jane, prestes a dar à luz, é internada em uma clínica.

No necrotério, a Dra. Maura descobre um "cadáver" que ainda está vivo!

Por incrível que pareça, estes três fatos estão ligados. No decorrer da leitura, vamos descobrindo a ligação entre personagens e acontecimentos.

Como já está claro na sinopse, uma mulher armada mantém pacientes de um hospital como reféns. A detetive Jane está entre eles. Um tempo depois, um homem armado consegue entrar no hospital. É o comparsa da mulher. Os dois querem a atenção de todos, pois pretendem fazer uma revelação. Só que eles demoram demais para revelar o segredo! Para que demorar tanto?

A tomada de reféns termina de forma trágica. Logo após a confusão, nasce a filha de Jane. Ao lado do marido Gabriel, com a filha nos braços, Jane fica completamente perdida. Não sabe como lidar com a maternidade. Como se não bastasse isso, o casal está intrigado com uma porção de coisas que não foram explicadas. Contrariando as súplicas do marido, Jane começa a investigar os fatos.

Mais uma vez, Jane prova que não é muito esperta. Toma uma decisão bem estúpida que coloca em risco, não só a vida dela, mas também a do bebê. Quando estava lendo, fiquei com vontade de gritar: "Não faça isso, sua tonta!" Mas, ainda bem que ela tem sorte...

A personagem que mais me cativou foi Olena, que manteve a calma e a frieza mesmo nas horas mais difíceis. Passou por maus bocados, mas não deixou de proteger a amiga. Acho que ela merecia um final melhor.

No final, todos os segredos são revelados e tudo se encaixa. Mais um ótimo suspense policial da Tess! Recomendo!
 

31 de mai de 2017

O JARDIM DE OSSOS - Tess Gerritsen

Editora: Record
Ano: 2009
Páginas: 447
ISBN: 9788501084057

 
Sinopse: Ossos desconhecidos, segredos não revelados e crimes não resolvidos lançam sombras ameaçadoras sobre o presente. A recém-divorciada Julia Hamill acaba de se mudar para a casa de seus sonhos, uma mansão em um enorme terrreno. Tudo parece perfeito, até que, durante a reforma do jardim, Julian desenterra um crânio humano com indícios de homicídio. E o mais intrigante: a cova data do século XIX. O ano é 1830. O jovem estudante de medicina Norris Marshall é o principal suspeito das atrocidades cometidas pelo Estripador de West End. Na companhia do amigo Oliver e da imigrante irlandesa Rose, Norris parte em busca do homem mais perigoso de Boston, a fim de provar a própria inocência, visitando desde lúgubres cemitérios e salas de necropsia até elegantes mansões. Separadas por quase dois séculos, as duas histórias se desenvolvem de forma precisa e instigante, conduzindo o leitor a um final tão chocante quanto engenhosamente concebido.

O Jardim de Ossos é bem diferente do que eu imaginava. Não sei exatamente o que eu esperava, mas foi uma surpresa positiva!

A narrativa se passa em duas épocas diferentes: no presente e em 1830. Os capítulos vão intercalando as duas épocas.

Julia comprou uma casa antiga e, quando está arrumando o jardim, encontra uma ossada humana. Os escavadores descobrem que essa ossada é de uma mulher, e é muito antiga. A ossada desperta o interesse de Julia pela história da casa e da mulher que morava ali. Remexendo em documentos e cartas, Julia vai descobrindo aos poucos o que aconteceu.

Enquanto isso, a autora nos conta a história de Rose e Norris, que viveram em 1830, quando um assassino aterrorizava Boston. A trama é muito bem elaborada com seus inúmeros mistérios. Parece que todos escondem algum segredo. É difícil descobrir quem é o assassino. O final é meio chocante. Confesso que não era o que eu esperava.

Rose é a verdadeira protagonista da trama. A menina de 17 anos é tão determinada e valente que é impossível não torcer por ela. Gostei muito dela!

Mas não podemos esquecer da história de Julia, que também precisa de um final. Que também não vou contar!

Uma curiosidade: a Dra. Maura Isles faz uma participação especial no início do livro. Pensei que ela apareceria novamente no final, mas não apareceu mais.

Aprendi a gostar desses livros que contam duas histórias simultaneamente. Tess é muito boa nisso! Um ótimo suspense com uma pitada de romance!

24 de mai de 2017

CRIAÇÃO MORTAL - Nora Roberts

Série Mortal – Livro 25
Editora: Bertrand do Brasil
Ano: 2016
Páginas: 420
ISBN: 9788528620658

nora roberts



Sinopse: Uma jovem, exposta artisticamente e com o corpo marcado por sinais de tortura, é encontrada morta no East River Park. De imediato, os pensamentos da tenente Eve Dallas a levam para um caso semelhante ocorrido nove anos antes. Na época, Nova York se viu à beira de um ataque de nervos quando quatro mulheres foram mortas em quinze dias por um homem batizado pela imprensa de “O Noivo”, porque colocava anéis de noivado no dedo das vítimas. O assassino está de volta e, dessa vez, torna-se claro que seus atos são um ataque pessoal. E existe uma grande possibilidade de que o seu maior objetivo seja raptar uma mulher em especial; aquela que vai testar suas habilidades de tortura e lhe proporcionará dias e dias de prazer antes de morrer em suas mãos: a própria Eve Dallas.


Dessa vez, a equipe de Eve Dallas está caçando um lunático que adora ópera e que também adora torturar e matar mulheres. Esse mesmo serial killer atacou Nova York há nove anos e não foi pego. Na época, Eve ainda não era tenente e trabalhava sob o comando de Feeney. O assassinato de quatro mulheres nunca foi solucionado, o que deixou todos frustrados. Agora que os crimes voltaram a acontecer, Eve sente o dever de capturar o criminoso.

O serial killer ficou conhecido como "O noivo" porque deixa uma aliança de prata no dedo de cada mulher que mata. Entrando em contato com outros departamentos de polícia, Dallas descobre que o assassino já matou mais de vinte mulheres ao redor do mundo. Eve precisa correr contra o tempo, pois sabe que as vítimas sequestradas tem pouco tempo de vida até que "O noivo" as mate.

Roarke presta novamente seus serviços de consultor civil, para auxiliar e proteger Eve. Existe a suspeita de que Dallas pode ser a próxima vítima do assassino e ela está pronta para servir de isca. Imaginem o desespero de Roarke com essa possibilidade!

Uma parte que achei desnecessária foi a discussão de Eve e Feeney. Os dois sempre foram muito amigos, não havia razão para ele dar um piti.

Eve não foi muito esperta, em minha opinião. Como ela não pensou em verificar as imagens das câmeras de segurança? Pois, de acordo com os livros anteriores, há câmeras por todo lugar. Ela investigou uma academia, lojas, um salão de beleza e uma boate, e não pensou em verificar as câmeras?! Foi uma mancada dela. Tem mais uma coisa que achei meio besta, mas não vou contar para não estragar a surpresa para quem vai ler, pois tem a ver com a solução do mistério. Tudo bem, ela deixou a desejar na esperteza, mas mostrou valentia de sobra.

O ponto positivo desse livro é que Eve não fica relembrando a sua infância traumática. Ainda bem! Depois de 24 livros, já chega desse assunto!

O suspense é muito bom. No final tem muita ação. Vale a leitura para quem curte um bom suspense policial.