24 de dez de 2014

BOAS FESTAS!!!

Queridos leitores do blog!

Desejo a todos um Feliz Natal e um 2015 cheio de livros maravilhosos!


natal garfield
Passe o final de ano com as pessoas que são importantes na sua vida. 
Alegre-se com as pequenas coisas. 
Celebre e valorize tudo de bom que você tem!




BOAS FESTAS!
ATÉ 2015!

17 de dez de 2014

GRAVIDADE

Direção: Alfonso Cuarón
Duração: 90 minutos
Ano: 2013
Classificação: 12 anos
Gênero: Ficção Científica

filme
 
Sinopse: Matt Kowalski (George Clooney) é um astronauta experiente que está em missão de conserto ao telescópio Hubble juntamente com a doutora Ryan Stone (Sandra Bullock). Ambos são surpreendidos por uma chuva de destroços decorrente da destruição de um satélite por um míssil russo, que faz com que sejam jogados no espaço sideral. Sem qualquer apoio da base terrestre da NASA, eles precisam encontrar um meio de sobreviver em meio a um ambiente completamente inóspito para a vida humana. 

Para um filme que venceu 7 Oscars, confesso que esperava mais.

Achei chato, muito parado e repetitivo. Na maior parte do filme a Sandra Bullock só fica respirando e dizendo "ok, ok". Quando algo sai errado ela solta um palavrão.

Também esperava mais do final, fiquei com a impressão de que ficou faltando mostrar mais alguma coisa.

Tudo bem, os efeitos especiais são muito bons, mas achei o enredo fraco. Talvez eu não tenha gostado porque não sou muito fã de filmes sobre o espaço. As pessoas que gostam desse tipo de filme devem ter gostado mais. Mas, mesmo não sendo fã, lembro que gostei muito de filmes como Apollo 13 e Armagedom. Comparando com filmes assim, acho que Gravidade deixou a desejar.

E vocês, já assistiram?

O que acharam do filme?

 

10 de dez de 2014

UMA QUESTÃO DE CONFIANÇA - Louise Millar

Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Páginas: 384
ISBN: 9788581631936 

Sinopse: Em um subúrbio tranquilo de Londres, algumas mães se ajudam através de amizade, favores e fofocas. No entanto, algumas delas não parecem confiáveis e outras têm segredos obscuros. Quando Callie se mudou para seu novo bairro, pensou que seria fácil adaptar-se. Contudo, os outros pais e mães têm sido estranhamente hostis com ela e com sua filha, Rae, que também descobriu como é difícil fazer novas amizades. Suzy, seu marido rico e seus três filhos parecem ser a única família disposta a fazer amigos, mas, recentemente, a amizade com Suzy anda tensa. Ainda mais com a atmosfera pesada que pairou sobre o bairro após a chegada da polícia e o relato de um possível suspeito morando no bairro. O que Callie e sua pequena Rae podem esperar? Em quem confiar? E, sobretudo, como imaginar que certas atitudes rotineiras podem colocar em risco a vida de sua pequena filha? Verdades e mentiras parecem se esconder nestas pequenas casas.


O livro narra a história de três mulheres ansiosas e seus dramas familiares. As três são meio malucas. Todas tem alguma esquisitice e algum conflito interior. Não simpatizei com nenhuma delas, principalmente até a primeira metade do livro. A partir da segunda metade, comecei a simpatizar um pouco com uma delas (a mais improvável, na minha opinião).

Os três homens são coadjuvantes da história. São uns machistas babacas e sem atitude. Deixam todos os problemas para as mulheres, não as apoiam e não resolvem nada.

É um livro diferente, pois é um suspense que envolve famílias. No início, o leitor pode achar que é um livro chatinho, com romances e dramas familiares. Mas não é só isso. É tenso. A medida que o leitor progride na leitura começa a ficar cismado com algumas coisas estranhas que acontecem. A partir da metade do livro, os segredos começam a ser revelados e as perguntas são respondidas.

A autora conseguiu me surpreender com os segredos das personagens. Também conseguiu me enganar sobre o caráter delas. No momento em que os segredos são revelados, você percebe que nada é o que parece. A partir da leitura do livro, você começa a pensar em como as aparências enganam...


26 de nov de 2014

FROZEN - Uma aventura congelante

Direção: Chris Buck, Jennifer Lee
Duração: 102 minutos
Ano: 2014
Classificação: 3 anos
Gênero: animação, aventura, família

Sinopse: A caçula Anna (Kristen Bell/Gabi Porto) adora sua irmã Elsa (Idina Menzel/Taryn Szpilman), mas um acidente envolvendo os poderes especiais da mais velha, durante a infância, fez com que os pais as mantivessem afastadas. Após a morte deles, as duas cresceram isoladas no castelo da família, até o dia em que Elsa deveria assumir o reinado de Arendell. Com o reencontro das duas, um novo acidente acontece e ela decide partir para sempre e se isolar do mundo, deixando todos para trás e provocando o congelamento do reino. É quando Anna decide se aventurar pelas montanhas de gelo para encontrar a irmã e acabar com o frio. 

Adoro animações! Desde criança adorava as histórias das princesas da Disney. Lembro que O Rei Leão foi muito marcante para mim. Mesmo depois de adulta, continuo me divertindo com Shrek, A Era do Gelo, Rio, entre muitos outros.

Estava esperando ansiosa para ver Frozen, principalmente depois que o filme ganhou o Oscar de melhor música ("Let it go" é linda!).

Bem, o que posso dizer de Frozen? Achei a princesa Elza é meio chatinha. Para mim, a protagonista da história foi a princesa Anna. Mas as minhas figuras preferidas são o boneco de neve Olaf e a rena Sven. Adorei os dois! Dei muitas risadas com eles.

Vocês já repararam que nas animações sempre tem personagens engraçados: Timão e Pumba (O Rei Leão), Burro e Gato de Botas (Shrek), Sid e Scrat (A Era do Gelo), os Minions (Meu Malvado Favorito). Essas figurinhas engraçadas e atrapalhadas sempre me cativam mais que os protagonistas.

Por causa de Olaf e Sven, já vale a pena assistir Frozen!

19 de nov de 2014

ANJO DA ESCURIDÃO - Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe

Editora: Record
Ano: 2012
Páginas: 400
ISBN: 9788501099334 

sidney sheldon

Sinopse: Um rico negociador de artes é brutalmente assassinado em sua mansão em Hollywood Hills. No chão do quarto, uma verdadeira cena de horror: Andrew Jakes está amarrado ao corpo nu de sua jovem e bela esposa, violentamente espancada e estuprada. O detetive Danny McGuire, comovido com a tragédia da linda e vulnerável mulher, empenha-se na busca do culpado. Mas todos os seus esforços mostram-se em vão e Angela Jakes desaparece misteriosamente depois de doar sua milionária herança. Anos depois, Danny está casado e trabalha como agente da Interpol na França quando é procurado por Matt Daley, filho do homem cruelmente assassinado. Danny não hesita em seguir as promissoras evidências que apontam para um único suspeito: uma brilhante assassina que está sempre um passo à frente de todos e que pode estar a um triz de encontrar sua nova vítima. 

Não é Sidney Sheldon quem escreve, apesar de o nome dele estar bem grande na capa do livro, quem escreve é Tilly Bagshawe. Pode-se dizer que a autora segue o estilo dele.

A história é boa. É um suspense policial com um serial killer e muitas mortes. Para quem gosta do estilo dos livros de Sheldon (como eu), a leitura é interessante. Mas nem se compara a livros como "O outro lado da meia noite", "Lembranças da meia noite", "O reverso da medalha", entre tantas outras obras de Sheldon. Mas, podemos dizer que "dá pro gasto".

Nenhuma das figuras masculinas da história me cativou. O detetive Danny McGuire é um cara frustrado por não ter conseguido solucionar o primeiro caso de assassinato. Apesar de estar casado, fica perturbado pela lembrança de Angela (esposa do homem assassinado). Só posso dizer que ele não foi muito esperto... Também temos Matt, que é uma figura um tanto patética (leiam, assim vocês entenderão o porquê).

Não posso contar muito sobre as características dos personagens porque assim estaria revelando parte do suspense. Só posso dizer que uma parte do mistério fica fácil desvendar, muito antes de ser revelado no livro. Outra parte já é um pouco mais difícil de deduzir. No final do livro, a autora ainda nos surpreende com uma revelação. Aí ficamos nos perguntando: "será??!!". O final nos deixa com um ponto de interrogação bem grande sobre os assassinatos e todo o resto. Até poderia ter uma continuação da história, será que vai ter?
   

12 de nov de 2014

Trilogia ESCURIDÃO, SOMBRA e LUZ - Elena P. Melodia

Editora: Suma de Letras


livros


Sinopse: Alma tem 17 anos, e nada em sua vida difere das meninas de sua idade: escola, programas com seu grupo de amigas, tédio e impaciência na relação com a família. Até o dia em que vê um caderno roxo numa vitrine e, por puro impulso, o compra. A partir daí, acontecimentos horripilantes começam a se suceder. Todos descritos em detalhes nas páginas do caderno...antes de acontecerem. Com a letra dela. Que não se lembra de ter escrito nada. Quem é Alma, na verdade? Quem é Morgan, seu misterioso amigo de escola, que parece ter respostas para o que está acontecendo? E como impedir que as forças do mal se aproximem dela e de quem ela ama? 

 
Alma faz parte de um grupo de amigas adolescentes, meio esquisitas e de personalidades bem diferentes, mas muito unidas. Todas parecem esconder segredos. Aos poucos elas começam a ter problemas. Alma tenta ajudá-las, mas também está envolvida em seus próprios problemas. Uma série de assassinatos está acontecendo na cidade e Alma parece ter uma estranha relação com eles. Ela não sabe em quem pode confiar, mas seu amigo Morgan parece ter algumas respostas.

No primeiro livro, como o próprio título já diz, ficamos na escuridão. É cheio de mistérios e a maior parte não é solucionada até o final.

No segundo livro, o leitor continua na "escuridão" até passar da metade do livro. Só dali em diante Alma começa a descobrir a verdade. Nos capítulos em que Morgan lhe conta e mostra a verdade, fiquei me perguntando: o quê?!?!? Não acreditei no que estava lendo, são coisas muito absurdas... Mas, tenho que admitir que são bem diferentes, criativas.

Não posso falar do que se trata, pois é justamente o suspense e o mistério em torno da verdade que torna a leitura interessante. Mas posso dizer que se trata de uma coisa sobrenatural (não são vampiros e nem lobisomens!).

No terceiro livro, que encerra a trilogia, a história chega ao seu desfecho e mais alguns mistérios são revelados. Sobre o final, só posso dizer que fiquei um pouco frustrada. Confesso que esperava mais, algum acontecimento grandioso... fiquei com a impressão de que ficou faltando algo.

Algumas cenas da trilogia são bem fortes, há muitas mortes, portanto, pessoas muito sensíveis não devem ler. Indico para quem curte fantasias e mistérios que envolvem adolescentes e para quem está procurando uma leitura sobre um tema diferente.

5 de nov de 2014

HOMEM DA LEI - Diana Palmer

Editora: Harlequin Books
Ano: 2010
Páginas: 286 
ISBN: 9788576873211 

Sinopse: Quando Garon Grier, agente do FBI, comprou um rancho em Jacobsville, desejava somente resolver alguns problemas de família. Afinal, ele era um lobo solitário, e não estava em busca de amor. Grace Carver foi criada nessa pequena cidade do Texas, e, devido a problemas na juventude, jamais pensou em se casar... até conhecer Garon. Duas pessoas unidas pela investigação mais difícil da carreira dele: a caçada a um assassino de crianças. Agora, Garon, um homem da lei, e Grace, uma mulher com marcas do passado, enfrentarão um louco à solta ao mesmo tempo em que se esforçam para apagar cicatrizes do coração.
Por ser um romance de banca, confesso que a história me surpreendeu por ter elementos diferentes, muito além do romance. É uma leitura repleta de suspense. O mocinho é um agente do FBI e está investigando um serial killer. A mocinha tem um segredo do passado, que ficamos tentando descobrir. Estes itens dão um tempero especial ao romance dos dois, tornando a leitura mais interessante.

Garon não é um investigador tão esperto, pois eu desvendei o mistério muito antes dele (deve ser porque eu leio muito suspense policial...). Ele também tomou algumas atitudes idiotas em relação à mocinha, que a fizeram sofrer. Isso não foi muito inteligente da parte dele. Tirando isso, até que Garon é um cara legal.

Grace é uma moça inteligente e sensível. Teve uma vida muito difícil. É uma típica heroína sofredora. Apesar de tudo o que sofreu na vida, não se deixou abater e não fica se lamentando. Por isso simpatizei muito com ela. Ela também dá umas boas lições de moral em Garon, nas vezes em que ele é meio idiota.

Recomendo o livro para quem gosta de romances de banca com uma pitada de suspense.

 

31 de out de 2014

CARRIE, A ESTRANHA - Stephen King - Livro e Filmes

Já que estamos no Dia das Bruxas, vamos falar de Carrie, a Estranha.


livro
Sinopse: Carrie, a Estranha narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente. Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram. A vendeta vem à tona de forma tão furiosa e amedrontadora que até hoje permanece como exemplo de uma das mais chocantes e inovadoras narrativas de terror de todos os tempos. Com tantos ingredientes de suspense, Carrie, a Estranha logo se transformou num enorme sucesso internacional e passou a integrar a mitologia americana. Ao ser transportado para as telas, em 1976, pelas mãos de Brian de Palma, teve a atriz Sissy Spacek e John Travolta em seus papéis principais.

 
Este foi o primeiro livro de Stephen King que li (ainda não tive coragem de ler os outros, mas quero ler!). A narrativa de King é maravilhosa. Já assisti a vários filmes baseados em seus livros, um dos meus preferidos é "Um sonho de liberdade". Também assisti a duas temporadas de Under the Dome, estou adorando a série!

Já faz um tempo que li esse livro, mas, como me marcou muito, resolvi resenhar. Também aproveito para falar um pouco sobre os filmes baseados no livro.

Carrie é uma garota tímida e fechada que sofre bullyng constante na escola por ser diferente das outras meninas. É impossível não se imaginar no lugar dela. Acho que é por isso que gosto tanto da história. O fato de você pensar que uma pessoa que sofre com a maldade dos outros possa desenvolver poderes paranormais e se vingar de todos é bem interessante (é cruel, mas é interessante...).

Como gosto muito da história de Carrie, assisti às três versões do cinema (não sei se existem mais versões, só conheço essas). As três versões são bem fiéis ao livro nos principais pontos. Mas todas tem algumas diferenças em relação à obra de King. Eu particularmente gosto do final da 2ª versão (2002), onde Carrie tem um final diferente do livro.

Mas gostei de todos os filmes. Adoro a cena em que ela vai caminhando pela rua e tudo explode ao redor. Também gosto da cena em que o casal “malvadinho” tenta atropelar Carrie (coitados, não sabem o que os espera!).

E vocês? Assistiram a algum desses filmes? De qual versão gostaram mais?
 1976

 
 2002

 2013


1 de out de 2014

AS GÊMEAS - Saskia Sarginson

Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 320
ISBN: 9788581633879 


Sinopse: As gêmeas Isolte e Viola eram inseparáveis na infância, mas se tornaram mulheres muito diferentes: Isolte tem um emprego glamouroso em uma revista de moda de Londres, namora um fotógrafo e vive em um bairro descolado. Viola, desesperadamente infeliz, luta contra um transtorno alimentar e não faz questão de se ajustar a nenhum grupo. O que pode ter acontecido para levar as gêmeas a seguirem trajetórias tão desencontradas? À medida que as duas jovens começam a reviver os eventos do último verão em família, terríveis segredos do passado vêm à tona – e ameaçam invadir suas vidas adultas.

É o primeiro livro da autora. Ela tem uma narrativa bem descritiva, cada lugar e cada cena são descritos com uma riqueza de detalhes impressionante.

"As Gêmeas" é um suspense bem diferente dos que estou acostumada a ler. Não é policial, mas a leitura deixa o leitor tenso. Você sabe que aconteceu alguma coisa grave, mas não sabe o que. É perturbador, uma história nebulosa. À medida que você lê, algumas coisas começam a ficar mais claras, mas outras continuam obscuras.

Durante a leitura acompanhamos as gêmeas Viola e Isolte em sua vida presente e no passado. As narrativas das duas vão se alternando a cada capítulo.

Isolte é a irmã mais centrada. Trabalha, tem namorado e cuida da irmã Viola que está no hospital (no decorrer do livro descobrimos porque). Viola vive em um mundo de lembranças. Através delas, descobrimos como era a vida das gêmeas na infância e começamos a ter pistas do que pode ter acontecido.

É muito interessante como a autora descreve a conexão que existe entre gêmeos. A necessidade que eles tem de estarem juntos e, ao mesmo tempo, o ressentimento que sentem por ter que dividir tudo.

Muitas cenas não são descritas pela autora, cabe ao leitor imaginar como aconteceram. No final, gostaria que a autora tivesse continuado, para saber como as coisas vão acontecer. Ela deixa o leitor imaginar por conta própria. Nas últimas páginas, há uma entrevista bem interessante com a autora, onde ela explica algumas coisas sobre o livro.

24 de set de 2014

PEÇA-ME O QUE QUISER - Megan Maxwell

Editora: Suma de Letras


Sinopse: Lançada na Espanha em novembro de 2012, a trilogia é um sucesso de vendas no país, aparecendo em todas as listas de mais vendidos. Com tempero latino e uma abordagem excitante, a autora conta a história da secretária espanhola Judith Flores e seu chefe, o alemão Eric Zimmerman, também conhecido como Iceman: um homem muito sério e com os olhos azuis mais intensos e sexies que ela já viu. Recém-chegado ao comando da empresa Müller, antes dirigida por seu pai, Eric tem uma atração instantânea pelo jeito divertido de Judith e exigirá que ela o acompanhe nas viagens de trabalho pela Espanha. Mesmo sabendo que está se metendo numa situação arriscada, a ideia de estar ao lado de Iceman é irresistível. Com ele, a jovem viverá experiências sexuais até então inimagináveis, em um universo de fantasias eróticas pouco convencionais. Conciliando sexo e romantismo na medida exata, Peça-me o que quiser é uma história de amor cheia de encontros e desencontros, na qual os jogos eróticos, o voyeurismo e o desejo de ultrapassar todos os limites do prazer são os grandes protagonistas. 

Peça-me o que quiser é muito parecida com a história dos 50 Tons de Cinza. Mais uma trilogia que segue a moda dos livros hot. Um homem rico e frio (Eric) se envolve com uma moça jovem, classe média, que é sua funcionária (vocês já conhecem essa história, né?). Assim como nos 50 Tons, a história também é narrada em primeira pessoa, pela protagonista, Judith.

A base é a mesma, mudam alguns personagens e os rumos que a história toma. Aqui não tem sado, mas em compensação, tem outras coisinhas (os três livros são repletos de cenas de sexo!).

Eric é um babaca (como a própria Jud diz várias vezes). Mandão, machista e teimoso. Muitas vezes, sabe que está errado, mas não dá o braço a torcer. Só se arrepende quando Jud fica de saco cheio e vai embora (isso acontece várias vezes!). Eric é controlador, acha que pode mandar na vida de todos e acha que sempre está certo. Isso é irritante! Nunca suportaria um cara assim.

Jud é legal, divertida, alto astral, direta, sincera e espontânea. Fiquei com raiva dela várias vezes por ela tolerar um cara como Eric e satisfazer todas as suas vontades. Mas gostei dela porque é decidida, tem um gênio forte. Uma característica que fez com que eu me identificasse com Jud é o fato de ela gostar muito de música. Diversas vezes canta e cita músicas e cantores. Alguns conhecidos e alguns que nunca ouvi falar, mas fiquei curiosa, vou procurar as músicas para ver se são tão lindas como Jud diz.

Mais para o final do terceiro livro, acontece uma coisa muito estranha. Eric se torna um poço de paciência e Jud vira uma chata. Não gostei muito dessa parte, porque as características ficaram meio contraditórias. Sei lá, acho que ficou estranho. Próximo do final, Jud toma uma decisão egoísta, que não condiz em nada com o caráter da personagem que nos foi apresentado durante toda a trilogia. Acho que a autora deveria ter tomado um pouco mais de cuidado com a personagem. Não gostei da atitude dela e acho que as mulheres que leram sabem do que estou falando e também não gostaram.

Enfim, indico a série para quem curte o gênero hot.





17 de set de 2014

MUNDO DAS SOMBRAS - L. J. Smith

Série: Vampiro Secreto - Livro 01
Editora: Galera Record
Ano: 2011
Páginas: 224
ISBN: 9788501089120 


Sinopse: Poppy foi diagnosticada com câncer terminal até que James, seu amigo e por quem é apaixonada, lhe oferece uma maneira de evitar a morte: a vida eterna. James está disposto a infringir as regras do Mundo das Sombras por amor, mas conhece as leis – se alguém do Mundo das Sombras se apaixonar por um humano deve ser punido com a morte.

Mundo das Sobras é o primeiro livro da série "Vampiro Secreto". É um romance fofo entre dois adolescentes, Poppy e James. Indico a leitura para pré-adolescentes e adolescentes que curtem histórias com vampiros. É uma história bem leve.

O livro é curto e fácil de ler. A leitura flui facilmente. As coisas acontecem de forma rápida, sem enrolações; gostei disso. No final, a autora conseguiu dar um desfecho bem interessante para a história de Poppy e James. Não vou contar mais nada porque a sinopse já revela o suficiente e, como o livro é curto, perde a graça se revelar mais detalhes.

Apesar de ser o primeiro livro de uma série, você não precisa ler a continuação, pois tem um final satisfatório. Não deixa o leitor frustrado, sendo obrigado a ler o próximo livro para saber como termina a história.

3 de set de 2014

FEITA DE FUMAÇA E OSSO - Laini Taylor

Série: Feita de Fumaça e Osso - Livro 01
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 384
ISBN: 9788580572483

Livro

Sinopse: Não são só o cabelo azul e as várias tatuagens que fazem de Karou uma garota diferente. Ela não se lembra dos pais e, criada no covil de um demônio, não entende por que uma criança humana foi acolhida ali. Muito menos sabe o verdadeiro motivo por trás das estranhas missões que desempenha para seu protetor, recolhendo dentes ao redor do mundo. Em um instante ela pode estar fazendo rascunhos no Liceu de Arte em Praga e, minutos depois, estar no metrô de Paris, carregando presas de elefante, ou em Marrakech, negociando com um mendigo. Não é exatamente normal, mas em um universo em que anjos são seres temidos e o preço da magia é a dor, essa é a única vida que ela conhece. Pelo menos por enquanto.

É uma história de amor um pouco diferente, dramática e fantasiosa. Repleta de monstros e anjos.

Karou, à primeira vista, parece uma adolescente comum, frequenta a escola, sai com os amigos e paquera. Mas a normalidade termina aí, não é nem de longe uma adolescente como as outras. Esconde muitos segredos e tem muitas dúvidas sobre sua origem. 

Sua família são quimeras. Cresceu junto com as feras, convive com elas e as ama. O mundo de Karou muda quando aparece um anjo chamado Akiva, por quem ela sente uma estranha atração. A partir daí, as dúvidas sobre sua origem e sua família quimera começam a ser respondidas.

Nas últimas páginas do livro temos a grande revelação sobre a origem de Karou e sua relação com Akiva.

O final é abrupto e frustrante. Para saber como termina a história de Karou e Akiva, você tem que ler o próximo livro.

Eu teria preferido que a história terminasse no primeiro livro. Acho que já estaria de bom tamanho. Não sei se vou ler a sequência.

Gostei muito da capa, é diferente, intrigante. A diagramação é boa, não me lembro de ter encontrado erros de digitação ou de Português.

Recomendo para quem gosta de fantasia, e para quem pretende ler a sequência.