30 de set de 2015

AS FOTOS SABEM - Mateus Cadore

Editora: Giostri
Ano: 2015
Páginas: 114
ISBN: 9788581087542
Sinopse: Rodrigo rememora o que acredita ter sido sua adolescência, principalmente sua forte amizade com Júnior e seu amor inventado com Amanda. A rememoração é um processo individual (um livro para ele mesmo) na tentativa de compreender o que e quem passou pela sua vida; os fatos que o levaram à sua situação atual. No decorrer de sua adolescência precocemente amadurecida, Rodrigo passa por quatro estágios de um paciente terminal (negação, raiva, barganha e depressão), e é através da rememoração que ele consegue finalmente amadurecer, aceitar e chegar à vida adulta, ou seja, a morte de sua adolescência e ingenuidade.

As Fotos Sabem é uma obra nacional de um escritor jovem. A capa e a sinopse despertaram minha curiosidade.

O livro narra, em primeira pessoa, fatos marcantes da adolescência de Rodrigo. Alguns destes fatos lembraram muito a minha adolescência. A maioria dos adolescentes passa por essas experiências: as paqueras, a escola, as amizades, as festas. Nos preocupamos muito com coisas que, mais tarde, não importam mais tanto.

A adolescência é uma fase muito importante da nossa vida. Deixa marcas profundas e recordações inesquecíveis. Isso sem falar nas amizades verdadeiras e nas paixões. O livro retrata muito bem tudo isso. As angústias de um garoto que está em busca de seus sonhos, seus amores, seus amigos. Um garoto que quer viver todas as experiências intensamente.

Rodrigo conta com seu melhor amigo Júnior para compartilhar todas as aventuras adolescentes. O garoto tem verdadeira adoração por Júnior, porque ele é de uma família mais rica, tem de tudo e é um cara descolado, sempre animado, rodeado de garotas e ainda dá dicas para ajudar Rodrigo nas paqueras. Os dois constroem uma forte amizade e estão sempre juntos.

Em meio a erros e acertos, Rodrigo descobre o amor e as decepções, experimenta o proibido e a irresponsabilidade. Mais tarde, quando vai para a faculdade, começa a sentir o peso da responsabilidade.

Não vou contar o que acontece, para não estragar a surpresa. Mas, durante a leitura, em vários momentos fiquei me perguntando: "onde estão os pais destes garotos?" Os pais não sabiam nada sobre o que eles faziam. Acho que o livro quis mostrar isso também: o fato de muitos pais serem ausentes.

No início da leitura, tive a impressão de já saber o que ia acontecer no final. Mas não aconteceu o que eu esperava. O final me surpreendeu!

O livro é bem curtinho, fácil de ler. Você logo se envolve com a história de Rodrigo e quer saber o que vai acontecer. Como é o próprio Rodrigo quem narra os acontecimentos, a linguagem é bem adolescente, com muitas gírias e até alguns palavrões.

Indico a leitura para todos que gostam de histórias de adolescentes e de histórias diferentes, que fogem do comum.

23 de set de 2015

SEDUÇÃO NO CONVENTO - Jacques Lagôa

Editora: Companhia Editora Nacional
Ano: 2015
Páginas: 168
ISBN: 9788504019612
jacques lagoa

Sinopse: Dois corpos cedem ao prazer, duas almas cedem ao amor. Marcel e Collete não deveriam ficar juntos. Não poderiam se envolver. Ele, um rapaz órfão empregado no convento que o abriga. Ela, uma noviça deste convento. Mas todas as dificuldades deste improvável romance são vencidas pela coragem que apenas a juventude pode dar aos amantes. Apaixonados e tomados pelo desejo, o casal não mede esforços para cultivar o amor que os une. A vida, no entanto, parece ter outros planos para os dois...


“Quando amor e desejo rompem barreiras”

A história se passa na França e é narrada em primeira pessoa por Marcel. Basicamente, fala sobre suas aventuras amorosas da juventude. Marcel nos conta como descobriu sua sexualidade junto com a noviça Collete, seu primeiro amor. Ele se descreve como um homem bonito, forte e cheio de vigor (pretencioso, não?), e Collete é descrita como uma jovem bela e sensual.

É um livro pequeno, rápido de ler. A leitura flui facilmente, sem enrolações. É uma obra nacional. A diagramação e a ortografia estão perfeitas. A capa é muito bonita. No início dos capítulos, há um detalhe de flor, que achei muito bonito.

seducao no convento

Recomendo para quem quer se distrair com uma leitura leve e picante (tem muitas cenas quentes!). É um livro interessante tanto para homens como para mulheres.

16 de set de 2015

OS BONS SEGREDOS - Ann Leary

Editora: Companhia Editora Nacional
Ano: 2015
Páginas: 384
ISBN: 9788504019582

Sinopse: Hildy Good é uma caipira chique que sempre viveu numa histórica comunidade da região da costa norte de Boston. Ela sabe quase tudo sobre todo mundo. Hildy é descendente de uma das bruxas de Salem, e acredita-se que ela possa ter herdado alguns dons paranormais. Não é verdade, claro; ela apenas é boa em decifrar as pessoas. Hildy é boa em várias coisas, aliás. É uma bem-sucedida corretora de imóveis, mãe e avó. Seus dias são atarefados, mas suas noites têm sido solitárias desde que suas filhas, convencidas de que a mãe estava bebendo além da conta, a mandaram para uma clínica. Agora ela está em recuperação — ou não.


Nenhum segredo permanece secreto por muito tempo.

 

O que posso dizer de cara sobre esse livro é que a capa me enganou um pouco. Não é um livro sobre bruxas.

O livro é narrado em primeira pessoa pela protagonista Hildy. Hildy é uma protagonista diferente do comum, tem 60 anos e tem problemas com o alcoolismo. Poderia dizer que ela é uma anti-heroína, cheia de defeitos. Em alguns momentos, é um doce de pessoa, uma boa amiga e uma avó amorosa. Já em outros momentos, é uma pessoa amarga, cheia de sarcasmo, deprimida e solitária.

A autora aborda o tema do alcoolismo de uma forma bem realista. Para mim, esse livro é um alerta em forma de ficção contra o alcoolismo, que todos deveriam ler. É impressionante como o álcool pode transformar uma pessoa. Nunca convivi com alcoólatras, por isso não imaginava que pudessem acontecer tantas coisas ruins. Fiquei chocada com algumas situações descritas no livro.

Tirando o problema com o álcool, Hildy é uma pessoa legal e batalhadora. Valoriza as amizades e gosta de ajudar os outros.

Jack, ex-namorado de Hildy, também é gente boa. Um cara simples e rude, mas muito trabalhador, honesto e amigo. Ele se preocupa de verdade com Hildy e, apesar de tudo, ainda gosta dela.

Como o título do livro sugere, há muitos segredos na história. Parece que Hildy tem que guardar todos – os seus e os dos outros. Um dos segredos que Hildy guarda é sobre sua nova amiga Rebecca. Este segredo vai trazer muita dor de cabeça a ela.

Se você pensa que a história é apenas um drama, está muito enganado. A partir da metade do livro, começa um suspense bem tenso. A cada capítulo, você tenta descobrir o que está acontecendo e fica tentando adivinhar o desfecho da trama. O final é bem surpreendente, pega você de surpresa. É o tipo de livro que mexe com o leitor, perturba (fiquei pensando nele por vários dias...).

Recomendo a leitura para quem gosta de drama com uma dose de suspense.

9 de set de 2015

CALVIN E HAROLDO - As Tiras de Domingo 1985 - 1995 - Bill Watterson

Editora: Conrad
Ano: 2014
Páginas: 95
ISBN: 9788576165224
 
Sempre gostei muito de quadrinhos. Quando criança, adorava ler gibis e os quadrinhos publicados nos jornais. Adoro as tirinhas de Calvin e Haroldo até hoje!

O livro é uma viagem ao passado. No começo, há um breve relato do cartunista. O autor conta que as tiras de domingo eram maiores e mais coloridas, por isso davam mais trabalho. É muito interessante saber como era o processo criativo e produtivo naquele tempo (todo manual). Além de ter as ideias para as tirinhas, o autor tinha que criar os desenhos e se preocupar com a combinação das cores. Hoje em dia, tudo é feito em programas de computador.

Na segunda parte do livro, o leitor pode se deliciar com as tiras de Calvin e Haroldo, selecionadas pelo autor. As tiras ocupam a página inteira e são coloridas! Na página do lado esquerdo está o esboço em preto e branco e na página da direita a tira colorida. Abaixo das tiras podemos ler as explicações e observações do autor, que são bem interessantes. Ele fala sobre como pensou em cada tira, o processo de produção e a mensagem que tentou transmitir.


Na minha opinião, as histórias de Calvin e Haroldo são destinadas a todas as idades. Algumas vezes, são abordados temas bem profundos, que nos fazem pensar. Mas, na maioria das vezes, as tiras são muito engraçadas. Recomendo a leitura para todos que curtem quadrinhos e, principalmente, para quem gosta de Calvin e Haroldo.

tiras de domingo

2 de set de 2015

MAR DE ROSAS - Nora Roberts

Série: Quarteto de Noivas – Livro 02
Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Páginas: 288
ISBN: 9788580412734

nora roberts

Sinopse: Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.
  

Mar de Rosas é o segundo livro do Quarteto de Noivas. O quarteto gira em torno de quatro amigas sócias da Votos, uma empresa que organiza cerimônias de casamentos. No primeiro livro Álbum de Casamento, acompanhamos o romance de Mac, a fotógrafa. Neste livro, acompanhamos a história de Emma.
  
A florista Emma, vive tranquila em meio a seus arranjos de flores até perceber que sente algo por Jack - um velho amigo da família. Os dois começam uma relação sem compromisso, mas ela se apaixona perdidamente por ele. Emma é uma romântica incorrigível. O problema é que Jack tem medo de compromisso. Aí vocês já podem imaginar o que vai acontecer. 

Gostei mais deste livro do que do primeiro. Não sei explicar porque, acho que é porque já conheço melhor os personagens e me sinto mais íntima deles. 

É um livro fofo e a capa é linda! A descrição das flores, buquês e dos arranjos dos casamentos é minuciosa, você consegue imaginar com detalhes. 

Mais um romance estilo mamão-com-açúcar. É uma história leve, divertida, boa para relaxar. Indico para quem curte o gênero.