13 de abr de 2016

O CIRURGIÃO - Tess Gerritsen

Série: Rizzoli & Isles – Vol. 1
Editora: Record
Ano: 2013
Páginas: 386
ISBN: 9788501069764
tess gerritsen


Sinopse: Tess Gerritsen, neste livro assustador, narra o rastro de sangue deixado por um assassino cruel. O agressor entra na casa de suas vítimas na calada da noite e segue até o quarto delas. Mergulhadas em sono profundo, as mulheres ignoram que irão acordar para um terrível pesadelo... A precisão com que ele investe contra as mulheres, somada à crueldade de agressão - útero das vítimas é arrancado -, sugere que o responsável pelas atrocidades seja um médico psicopata. Os jornais de Boston passam então a chamá-lo de "O Cirurgião". Em um livro de tirar o fôlego e com descrições minuciosas, a autora nos apresenta a um rico universo de personagens, ao criar um romance de suspense e profundidade inéditos.


Comecei a ler Tess recentemente, mas pelo visto, não vou parar mais. Gente, que livro é esse !?!?

Um suspense policial capaz de despertar no leitor inúmeras sensações: pavor, repulsa, raiva, choque. É, sem dúvida, uma história chocante, mas muito bem contata por Tess. Foi por essa obra que ela ficou conhecida e o livro faz jus à notoriedade que a autora tem.

Um serial killer está a solta. Ele mutila e mata mulheres. Estes crimes brutais estão ligados à Dra. Catherine. Os investigadores precisam descobrir qual é o elo de ligação entre o assassino e o passado da médica.

Simpatizei muito com a Dra. Catherine porque, além de ser uma profissional dedicada e competente, está superando de cabeça erguida o trauma que sofreu. Também gostei muito do detetive Moore. É o tipo bom caráter, um ótimo colega e ser humano.

Não posso dizer o mesmo da policial Rizzoli. Ô mulherzinha rabugenta! Ela se acha feia, tem inveja das mulheres bonitas e parece que tem raiva de todos os homens. Tudo bem que ela sofre preconceito no meio policial por ser mulher, mas acho que ela muitas vezes alimenta esse preconceito porque parece que tem mania de perseguição. Isso sem falar que Rizzoli comete alguns erros bem graves durante a investigação. Mas no final consegue se redimir, a partir daí consegui simpatizar um pouco com ela.

No final do livro, enquanto acompanhamos a solução do mistério sobre a identidade do assassino, também acompanhamos cenas bem tensas.

É apavorante, chocante e vale a pena ler! Indico para todos que curtem um bom suspense policial!

6 de abr de 2016

ORIGEM MORTAL - Nora Roberts

Série Mortal – Livro 21
Editora: Bertrand do Brasil
Ano: 2013
Páginas: 490
ISBN: 9788528617092 
 
 
Sinopse: A tenente Eve Dallas recebeu um chamado do Centro para Reconstrução Corporal e Cirurgia Estética: uma popular estrela de cinema foi espancada até seu rosto virar uma massa disforme de sangue. Para sorte da polícia, a vítima acabou matando seu agressor ao tentar se defender. No interrogatório, a tenente confirma se tratar de um caso inconfundível de assassinato em legítima defesa. Tudo se complica, porém, quando, antes de sair do prédio, outro caso macabro surge das mais sinistras sombras: o dono da clínica acabou de ser encontrado morto em seu consultório. Foi assassinado com um estilete cravado em seu coração. Qual será a relação das duas mortes? Será que o assassino da artista foi realmente morto no ataque? Com a tenacidade de sempre, Dallas segue seus instintos mais obscuros e mergulha no passado das duas vítimas, descobrindo os segredos de um mundo, até então, desconhecido para ela.


Olá, queridos leitores!

Hoje trago mais uma resenha da Série Mortal (não resisto!).

Quando dois médicos renomados, figurões da alta sociedade, são assassinados, a tenente Eve Dallas tem um problemão nas mãos! Além de tudo, os médicos assassinados são pai e filho. Eve logo desconfia que os dois escondiam um grande segredo e que este pode ser o motivo dos crimes. Mas não será fácil vasculhar a vida deles. Há muitos interesses em jogo. A Tenente vai mexer com gente poderosa. O segredo que ela descobre é tão grave que até o governo vai querer abafar.

Enquanto Dallas investiga os assassinatos, seu marido Roarke está organizando uma recepção para o Dia de Ação de Graças, para a qual convidou seus parentes da Irlanda. A parte mais leve e engraçada do livro fica por conta do encontro de Eve com os parentes de Roarke. É hilário porque Eve simplesmente não sabe como agir.

O que choca nesse livro não é a brutalidade dos assassinatos, como acontece em muitos outros livros da série, mas sim, o segredo por trás deles. O leitor ficará chocado com os absurdos cometidos por seres humanos.

A história é uma ficção que acontece no futuro, mas fiquei pensando que, nos dias de hoje, podem existir pessoas capazes de atrocidades em nome da ciência, do poder e do dinheiro.

Percebi uma coisa curiosa nesse livro: a sinopse confunde o leitor. Depois de terminar o livro, reli a sinopse e percebi que não tem quase nada a ver com o desenrolar da história. Acho que fizeram de propósito, para manter o suspense por mais tempo, para que o leitor não descubra o segredo logo de cara.