26 de out de 2016

PERDIDO EM MARTE - Filme

Direção: Ridley Scott
Duração: 144 minutos
Ano: 2015
Classificação: 12 anos
Gênero: Ficção Científica

 
Sinopse: O astronauta Mark Watney (Matt Damon) é enviado a uma missão em Marte. Após uma severa tempestade ele é dado como morto, abandonado pelos colegas e acorda sozinho no misterioso planeta com escassos suprimentos, sem saber como reencontrar os companheiros ou retornar à Terra.

Esse filme é para quem gosta do improvável e do impossível. Acontecem umas coisas muito loucas. É muita ficção científica! Uma viagem!


Após ser atingido em uma tempestade em Marte, o astronauta Mark é dado como morto e deixado para trás pelos colegas. Quando acorda, percebe que está sozinho e precisa descobrir como sobreviver. 


 
Nosso protagonista é um cara muito legal, inteligente, corajoso e divertido. Apesar de estar sozinho em Marte, prestes a morrer, ele não desiste. Encontra uma forma de se comunicar com a NASA para avisar que está vivo. Na NASA, tem aquele pessoal que só está preocupado com o sucesso da missão. Mas sempre tem aquelas pessoas que desobedecem e fazem a diferença. Alguns personagens secundários também são bem engraçados.


Para mim, a melhor parte do filme é o momento em que toca Starman do David Bowie. A música toca inteira durante as cenas em que todos se preparam para o resgate de Mark. Essa música tem tudo a ver com o filme!



19 de out de 2016

GREY - E. L. James

Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Páginas: 528
ISBN: 9788580577730 

 
Sinopse: Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo. Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido. Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece? 

 
Não sei exatamente o que eu esperava desse livro, acho que queria saber o ponto de vista de Grey. Nesse aspecto, o livro atendeu às minhas expectativas.

O que se pode facilmente concluir é que Grey é um tarado. Enquanto Ana se apaixonava, praticamente à primeira vista, ele só pensava em sacanagem. Demorou muito para Grey se dar conta de que estava gostando dela, foi necessário o psiquiatra dizer isso com todas as letras para ele. Continuo com a mesma opinião sobre Grey: que babaca!

A narrativa de Grey não é tão enjoativa quanto a de Ana. Ele é bem mais direto e divertido. Mas também é repetitivo em alguns trechos. A impressão que o livro nos passa é que Grey só pensa em sexo. Não entendo como ele pode ser um empresário tão bem sucedido se quase não fica na empresa, está sempre correndo atrás de suas taras.

Imaginei que o livro contasse toda a história da trilogia dos 50 Tons de forma resumida. Mas não é isso que acontece. O livro Grey termina exatamente com o mesmo final do primeiro livro da trilogia. Então, se você não leu a trilogia dos 50 Tons, ficará sem saber o que vai acontecer com Grey e Anastácia, até sair a continuação.
 

12 de out de 2016

DIA DAS CRIANÇAS - Brinquedos dos Anos 80 e 90

Olá, queridos leitores!
 
O Dia das Crianças é sempre um dia de nostalgia para mim. Adoro lembrar da minha infância. Por isso, hoje trouxe para vocês alguns dos brinquedos que marcaram a infância de muitos de nós!
 
 

Quem não lembra da mola-maluca?
Eu tinha uma dessas e adorava!
 
 
peças de montar
As peças de montar eram meus brinquedos favoritos.
 


Pega-varetas
Um brinquedo simples que reunia toda a família.
 
 
 
Pega-peixes - ficava horas pescando!
 
 
 
Estojo automático
Material escolar, mas para muitas crianças, virou brinquedo.
 
 
Mini-game - esse foi o brinquedo mais "moderno" que tive.
 
Vocês se lembram de algum destes brinquedos?
Quais brinquedos marcaram sua infância?
 
Desejo um Feliz Dia das Crianças para todas as crianças e para todos os adultos que mantém viva a criança que um dia foram.
 

5 de out de 2016

A INCRÍVEL HISTÓRIA DE ADALINE - Filme

Direção: Lee Toland Krieger
Duração: 113 minutos
Ano: 2015
Classificação: 12 anos
Gênero: Romance, Fantasia, Drama


Sinopse: Adaline Bowman (Blake Lively) nasceu na virada do século XX. Ela tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não consegue mais envelhecer, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.


Nunca tinha ouvido falar sobre esse filme. O que chamou minha atenção foi a sinopse, que me lembrou de O Curioso Caso de Benjamin Button.

Adaline era uma mulher comum até sofrer um estranho acidente. Seu carro caiu no lago e, quando estava praticamente morta, foi atingida por um relâmpago. Desse dia em diante ela parou de envelhecer.




Imagine você parar de envelhecer aos 29 anos! O sonho de quase todas as mulheres! Ficar bonita para sempre! Com esse bônus, ela logo percebeu que o preço a pagar era muito caro.
 

Com uma filha adolescente, as amigas de Adaline começaram a questioná-la sobre como ela se mantinha sempre jovem. Ela decidiu trabalhar em um hospital para tentar descobrir mais sobre sua rara condição nos arquivos médicos. Adaline não descobriu nada, porque isso nunca aconteceu antes. Logo apareceram uns sujeitos do governo querendo levá-la para fazer testes e exames. Adaline fugiu para não virar uma cobaia. A partir daí ela percebeu que precisaria passar o resto da vida fugindo. Nunca permanecia mais que uma década em um mesmo lugar. A cada década, mudava o nome e o visual e começava uma nova vida em outra cidade. Afastou-se da filha, que era a única que conhecia seu segredo. Só podia visitá-la às vezes. Nos tempos atuais, sua filha já está idosa e Adaline ainda aparenta ter 29 anos.
 




Imaginem que loucura não poder fixar moradia em lugar nenhum, não poder se apaixonar e construir uma família, não poder manter um círculo de amizades. Ficar sempre com medo de que as pessoas descubram seu segredo. Foi assim que Adaline viveu sua vida solitária até se apaixonar por Ellis...
  

O mais legal do filme é que o espectador viaja no tempo junto com Adaline, acompanhando as transformações de cada época. O final é tão surpreendente quanto o início. Adorei o filme! Nos faz pensar que viver para sempre não é uma vantagem quando todas as pessoas que você ama envelhecem e morrem. De que adianta uma vida eterna estando sozinha? Indico para quem quer assistir um romance com um tema bem diferente.