22 de abr de 2014

ORGULHO e PRECONCEITO - Jane Austen

Editora: BestBolso
Ano: 2012
Páginas: 391
ISBN: 9788577992652 

Sinopse: Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu. 

Comecei o livro com um pouco de dificuldade de ir adiante, achei um pouco sem graça no início. Talvez porque eu tenha comprado uma versão pocket (igual ao da imagem acima), com letras pequenas... e muitas letras por página! 

Continuando a leitura, a história foi me prendendo de tal modo que passei a devorar o livro. Senti a necessidade urgente de saber se Darcy e Elizabeth ficariam juntos!

Jane Austen descreve cada personagem proporcionando ao leitor uma clara visão sobre o comportamento, o caráter e as ambições de cada um. Elizabeth (ou Lizzy), me conquistou logo de cara, adorei seu jeito discreto mas verdadeiro de ser. O pai dela também é uma figura! O sarcasmo e a ironia em pessoa. Também gostei muito de Jane, a irmã mais velha de Lizzy, uma pessoa doce e sensata. Darcy é orgulhoso e arrogante. Mas não é má pessoa, apenas não suporta a bajulação e a falsidade. A mãe de Lizzy é a bajulação em pessoa, ô pessoinha mais falsa e interesseira! E as outras três irmãs são umas desmioladas.

Os diálogos são ótimos! As coisas não são ditas diretamente, está tudo nas entrelinhas. Flertes, ofensas ou ironias, tudo é dito de forma indireta, mas é perfeitamente compreendido pelo outro.

Apesar de ser um romance de época, há alguns aspectos muito presentes na sociedade atual. A hipocrisia, a falsidade e a valorização de quem tem dinheiro, continua até hoje. O orgulho e o preconceito ainda andam juntos.

Estamos tão acostumados com leituras imediatas, onde tudo acontece rapidamente, que estranhamos quando nos deparamos com um livro que precisa ser apreciado.

Quem gosta de romances de época, vai adorar. Até porque não é apenas um simples romance, é uma obra prima! A leitura vale a pena!

4 comentários:

  1. Eu sou fã de carteira da Jane Austen!! Orgulho e Preconceito é de longe meu livro preferido dela!! E concordo com você, os livros da Austen são carregados de críticas sociais que podemos importar para os nossos tempos. E isso que o torna um clássico tão prestigiado! E apesar das pessoas estarem acostumadas com os enredos mais imediatistas, cheias de ações, acho que vale muito a pena dar uma chance aorgulho e Preconceito! Adorei a resenha, conseguiu passar muito bem a sua opinião!!

    http://entremundoselivros.blogspot.com.br
    Se interessar dê uma passadinha no meu blog (que é super iniciante rsrsrs) ficarei feliz com sua visita!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos a mesma opinião sobre o livro! Que legal!

      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Já visitei seu blog!

      Um abraço!

      Excluir
  2. Oei Leila! tenho muita vontade de ler esse livro, tenho ele aqui, mas acabo passando outros na frente. EU assisti o filme e simplesmente amei, ele faz a gente voltar no tempo e na Inglaterra ♥ ainda!!! A Jane é de tirar o chapéu! Não vejo a hora de poder ler esse livro!

    Beijos!


    Meu Diário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não vi o filme, mas quero ver, com certeza!

      Um abraço!

      Excluir

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!