19 de nov de 2014

ANJO DA ESCURIDÃO - Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe

Editora: Record
Ano: 2012
Páginas: 400
ISBN: 9788501099334 

sidney sheldon

Sinopse: Um rico negociador de artes é brutalmente assassinado em sua mansão em Hollywood Hills. No chão do quarto, uma verdadeira cena de horror: Andrew Jakes está amarrado ao corpo nu de sua jovem e bela esposa, violentamente espancada e estuprada. O detetive Danny McGuire, comovido com a tragédia da linda e vulnerável mulher, empenha-se na busca do culpado. Mas todos os seus esforços mostram-se em vão e Angela Jakes desaparece misteriosamente depois de doar sua milionária herança. Anos depois, Danny está casado e trabalha como agente da Interpol na França quando é procurado por Matt Daley, filho do homem cruelmente assassinado. Danny não hesita em seguir as promissoras evidências que apontam para um único suspeito: uma brilhante assassina que está sempre um passo à frente de todos e que pode estar a um triz de encontrar sua nova vítima. 

Não é Sidney Sheldon quem escreve, apesar de o nome dele estar bem grande na capa do livro, quem escreve é Tilly Bagshawe. Pode-se dizer que a autora segue o estilo dele.

A história é boa. É um suspense policial com um serial killer e muitas mortes. Para quem gosta do estilo dos livros de Sheldon (como eu), a leitura é interessante. Mas nem se compara a livros como "O outro lado da meia noite", "Lembranças da meia noite", "O reverso da medalha", entre tantas outras obras de Sheldon. Mas, podemos dizer que "dá pro gasto".

Nenhuma das figuras masculinas da história me cativou. O detetive Danny McGuire é um cara frustrado por não ter conseguido solucionar o primeiro caso de assassinato. Apesar de estar casado, fica perturbado pela lembrança de Angela (esposa do homem assassinado). Só posso dizer que ele não foi muito esperto... Também temos Matt, que é uma figura um tanto patética (leiam, assim vocês entenderão o porquê).

Não posso contar muito sobre as características dos personagens porque assim estaria revelando parte do suspense. Só posso dizer que uma parte do mistério fica fácil desvendar, muito antes de ser revelado no livro. Outra parte já é um pouco mais difícil de deduzir. No final do livro, a autora ainda nos surpreende com uma revelação. Aí ficamos nos perguntando: "será??!!". O final nos deixa com um ponto de interrogação bem grande sobre os assassinatos e todo o resto. Até poderia ter uma continuação da história, será que vai ter?
   

10 comentários:

  1. Oii tudo bem?
    Essa capa é bonita, mas o enredo da história não me chamou atenção, não é o tipo de leitura que consumo a ler, mas ficou boa sua resenha :D
    Fique com Deus! Aguardo sua visita *-*
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A leitura é mais indicada para quem aprecia o gênero e para os fãs de Sheldon.
      Um abraço!

      Excluir
  2. Olá! Sempre tive vontade de ler algum livro do Sidney Sheldon! Sempre ouço coisas boas, mas agora fiquei com um pezinho atrás, ainda mais por essa ênfase no nome dele quando a história em si foi majoritariamente escrita por outra pessoa :/
    Beijos e seguindo!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros antigos foram todos escritos por ele. Mas os livros novos foram escritos depois da morte dele, por outra pessoa.

      Um abraço!

      Excluir
  3. A história me chama a total atenção. Fiquei bem curioso para conhecer a obra.
    Confesso que não gosto muito dessa coisa que colocar o nome maior, mas quem na verdade escreveu foi outra pessoa, slá...

    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma forma de promover o livro. O nome de Sheldon é uma propaganda e tanto...
      Mas também acho estranho...

      Um abraço!

      Excluir
  4. Sempre pensei que esse livro fosse escrito pelo próprio Sheldon!!
    Estou muito surpresa por isso!
    Mas apesar de não ser escrito por ele eu gostei muito de todo o enredo, a autora conseguiu prender minha atenção!

    Beijos e seguindo!
    http://olhosdmenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro foi escrito depois da morte dele (assim como alguns outros).

      Um abraço!

      Excluir
  5. Sempre gostei muito da obra do Sidney Sheldon. Ele sabe como cativar e prender o leitor nas páginas do livro. Vou com certeza procurar ler esse livro indicado e comparar realmente com aqueles que ele escreveu. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As obras escritas por Sheldon são muito melhores!

      Excluir

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!