20 de jul de 2016

AS FEITICEIRAS DE EAST END - Melissa de La Cruz

Série: As feiticeiras de East End – Livro 01
Editora: ID
Ano: 2012
Páginas: 312
ISBN: 9788516083281

Sinopse: Na mística cidade-ilha de North Hampton, em Nova York, vivem as três mulheres da família Beauchamp: Joanna, a mãe, separada do marido há mais anos do que consegue se lembrar. Freya, a irmã mais nova, presa entre dois lindos irmãos, em um perigoso jogo de desejo. Ingrid, a irmã mais velha, auxiliada por um misterioso e anônimo benfeitor, descobre segredos há muito perdidos na biblioteca onde trabalha. Por trás de sua aparência de normalidade, as três compartilham um segredo.

Este é o primeiro livro sobre bruxas que leio. A história é bem diferente das que estou acostumada a ver em filmes. A autora foi bem criativa ao desenvolver uma trama com elementos bem inusitados. É a mesma autora da série Blue Bloods.

A trama gira em torno de três mulheres: Joanna e suas duas filhas, Ingrid e Freya, que vivem em uma pequena cidade. Joanna gosta de cozinhar e redecorar a casa. Ingrid é bibliotecária e Freya prepara drinks em um bar. O que diferencia Freya da irmã é o fato de ser muito voluptuosa e não conseguir resistir ao desejo. Freya fica dividida entre seu noivo e o irmão dele. Parece que ela não tem controle sobre seu corpo e seu desejo.

Até aí, poderíamos dizer que as três são pessoas normais, mas escondem um segredo: são feiticeiras imortais. Elas foram proibidas pelo Conselho de praticar sua magia, por isso vivem como se fossem pessoas comuns. As três não aguentam mais viver sem utilizar sua magia. Aos poucos, começam praticar um feitiço aqui, outro lá. São feitiços do bem, magia branca. Será que serão punidas por isso?

Coisas estranhas começam a acontecer na cidade: animais mortos, pessoas desaparecidas... Será que as feiticeiras levarão a culpa pelos acontecimentos? Joanna e suas filhas precisam descobrir o que está acontecendo e evitar que a situação piore.

É o primeiro livro de uma série. O epílogo nos dá o gancho para o próximo livro, é uma ótima estratégia para deixar o leitor curioso. Então, se você não quiser ficar aflito de curiosidade, não leia o epílogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!