7 de jun de 2017

DESAPARECIDAS - Tess Gerritsen

Série: Rizzoli & Isles – Vol . 5
Editora: Record
Ano: 2008
Páginas: 384
ISBN: 9788501077332

 
Sinopse: Aquela mulher parecia ser mais um corpo na mesa fria do necrotério. Mas quando a legista Maura Isles inspeciona o cadáver, algo assustador acontece: a mulher abre os olhos. Ainda viva, ela é levada rapidamente para o hospital. Mas o bizarro logo se transforma em perigo. Com uma precisão chocante, ela mata um segurança e faz reféns... um deles, uma paciente grávida. Quem é essa pessoa violenta e desesperada, e o que ela quer? 

O livro começa com uma narrativa em primeira pessoa. Mila nos relata seu sofrimento e todos os momentos horríveis que passou nas mãos de cafetões que escravizam estrangeiras para a prostituição.

Enquanto isso, Jane, prestes a dar à luz, é internada em uma clínica.

No necrotério, a Dra. Maura descobre um "cadáver" que ainda está vivo!

Por incrível que pareça, estes três fatos estão ligados. No decorrer da leitura, vamos descobrindo a ligação entre personagens e acontecimentos.

Como já está claro na sinopse, uma mulher armada mantém pacientes de um hospital como reféns. A detetive Jane está entre eles. Um tempo depois, um homem armado consegue entrar no hospital. É o comparsa da mulher. Os dois querem a atenção de todos, pois pretendem fazer uma revelação. Só que eles demoram demais para revelar o segredo! Para que demorar tanto?

A tomada de reféns termina de forma trágica. Logo após a confusão, nasce a filha de Jane. Ao lado do marido Gabriel, com a filha nos braços, Jane fica completamente perdida. Não sabe como lidar com a maternidade. Como se não bastasse isso, o casal está intrigado com uma porção de coisas que não foram explicadas. Contrariando as súplicas do marido, Jane começa a investigar os fatos.

Mais uma vez, Jane prova que não é muito esperta. Toma uma decisão bem estúpida que coloca em risco, não só a vida dela, mas também a do bebê. Quando estava lendo, fiquei com vontade de gritar: "Não faça isso, sua tonta!" Mas, ainda bem que ela tem sorte...

A personagem que mais me cativou foi Olena, que manteve a calma e a frieza mesmo nas horas mais difíceis. Passou por maus bocados, mas não deixou de proteger a amiga. Acho que ela merecia um final melhor.

No final, todos os segredos são revelados e tudo se encaixa. Mais um ótimo suspense policial da Tess! Recomendo!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!