30 de set de 2015

AS FOTOS SABEM - Mateus Cadore

Editora: Giostri
Ano: 2015
Páginas: 114
ISBN: 9788581087542
Sinopse: Rodrigo rememora o que acredita ter sido sua adolescência, principalmente sua forte amizade com Júnior e seu amor inventado com Amanda. A rememoração é um processo individual (um livro para ele mesmo) na tentativa de compreender o que e quem passou pela sua vida; os fatos que o levaram à sua situação atual. No decorrer de sua adolescência precocemente amadurecida, Rodrigo passa por quatro estágios de um paciente terminal (negação, raiva, barganha e depressão), e é através da rememoração que ele consegue finalmente amadurecer, aceitar e chegar à vida adulta, ou seja, a morte de sua adolescência e ingenuidade.

As Fotos Sabem é uma obra nacional de um escritor jovem. A capa e a sinopse despertaram minha curiosidade.

O livro narra, em primeira pessoa, fatos marcantes da adolescência de Rodrigo. Alguns destes fatos lembraram muito a minha adolescência. A maioria dos adolescentes passa por essas experiências: as paqueras, a escola, as amizades, as festas. Nos preocupamos muito com coisas que, mais tarde, não importam mais tanto.

A adolescência é uma fase muito importante da nossa vida. Deixa marcas profundas e recordações inesquecíveis. Isso sem falar nas amizades verdadeiras e nas paixões. O livro retrata muito bem tudo isso. As angústias de um garoto que está em busca de seus sonhos, seus amores, seus amigos. Um garoto que quer viver todas as experiências intensamente.

Rodrigo conta com seu melhor amigo Júnior para compartilhar todas as aventuras adolescentes. O garoto tem verdadeira adoração por Júnior, porque ele é de uma família mais rica, tem de tudo e é um cara descolado, sempre animado, rodeado de garotas e ainda dá dicas para ajudar Rodrigo nas paqueras. Os dois constroem uma forte amizade e estão sempre juntos.

Em meio a erros e acertos, Rodrigo descobre o amor e as decepções, experimenta o proibido e a irresponsabilidade. Mais tarde, quando vai para a faculdade, começa a sentir o peso da responsabilidade.

Não vou contar o que acontece, para não estragar a surpresa. Mas, durante a leitura, em vários momentos fiquei me perguntando: "onde estão os pais destes garotos?" Os pais não sabiam nada sobre o que eles faziam. Acho que o livro quis mostrar isso também: o fato de muitos pais serem ausentes.

No início da leitura, tive a impressão de já saber o que ia acontecer no final. Mas não aconteceu o que eu esperava. O final me surpreendeu!

O livro é bem curtinho, fácil de ler. Você logo se envolve com a história de Rodrigo e quer saber o que vai acontecer. Como é o próprio Rodrigo quem narra os acontecimentos, a linguagem é bem adolescente, com muitas gírias e até alguns palavrões.

Indico a leitura para todos que gostam de histórias de adolescentes e de histórias diferentes, que fogem do comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!