6 de mai de 2015

RETRATO MORTAL - Nora Roberts

Série Mortal - Livro 16
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2011
Páginas: 448
ISBN: 9788528614992
nora roberts
Sinopse: Eve Dallas vive no ano de 2059, mas nem por isso é uma detetive diferente das atuais: corajosa, destemida, inteligente e muito impaciente. Neste mais recente livro de J.D. Robb, Retrato Mortal, ela está à caça de um serial killer que assassina vítimas jovens e inocentes, as fotografa após a morte e, no fim, envia as poses para os jornais como se fossem modelos à procura de um emprego. A trama começa quando um corpo é encontrado num reciclador de lixo, e uma repórter, amiga da tenente Eve Dallas, repassa a informação à policial. Eve parte, então, no encalço de um criminoso que se propõe a oferecer às suas vítimas a eternidade arrancando-lhes a vida no auge da juventude. O assassino, supostamente um fotógrafo ou uma fotógrafa, observa, analisa e registra cuidadosamente cada movimento de seus modelos antes de capturá-los. Sua missão macabra é absorver a inocência, a beleza, a juventude e a vitalidade das vítimas, sugando-as para a câmera com o intuito de tirar um derradeiro e assustador... retrato mortal. Para dificultar ainda mais a tarefa de Eve Dallas, um inesperado obstáculo se colocará à sua frente: seu marido, Roarke, descobrirá terríveis fatos sobre o próprio passado. Assim, ela terá de dar assistência ao homem que ama, caminhando na corda bamba que liga a sua vida profissional à pessoal, e buscando justiça nos dois lados do seu mundo. 

A Série Mortal definitivamente deveria passar na TV, se fosse um seriado, eu acompanharia todos os episódios!

No 16º livro, Eve precisa caçar um maluco que mata jovens e os fotografa no momento da morte. Ele acredita que poderá absorver a luz e a vitalidade das vítimas e eternizá-las por meio das fotografias.

Paralelamente às investigações de Eve, acompanhamos a luta de Roarke contra suas lembranças e segredos do passado que vem à tona. De uma hora para outra, seu passado mudou, transformou-se. Tudo o que ele acreditava que havia acontecido, era mentira. Roarke viaja para a Irlanda em busca de respostas. Não preciso nem dizer que Eve fica toda preocupada com ele. Como se não bastasse, Summerset, fiel mordomo de Roarke, está com a perna quebrada e também precisa de cuidados. Dessa vez, Eve tem que se desdobrar para dar conta de todos os problemas.

Mas isso tudo não atrapalha a investigação. Eve vasculha todas as possibilidades para descobrir a identidade do assassino. Enquanto isso, ele continua fotografando e matando jovens.

Neste livro há um destaque maior para outros policiais que trabalham na equipe de Dallas. Eles tem um papel determinante no desfecho da trama.

O final é alucinante, com muita ação! Além do mistério só ser revelado próximo ao fim, ainda acompanhamos a luta dos policiais contra o relógio para chegar a tempo de impedir mais um homicídio. Ufa! Quase fiquei sem fôlego!
 

2 comentários:

  1. Essa série de suspense da Nora sob pseudônimo parece ser boa. Gosto de personagens recorrentes e ir acompanhando a sua evolução paralela á trama principal de cada livro. Só não sabia que já estava no 16º livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já li o 18º e acho que já tem mais de 20 livros.

      Excluir

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!