23 de fev de 2017

COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ - Jojo Moyes

Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Páginas: 368
ISBN: 9788580579246

jojo moyes
 
Sinopse: Lou Clark é uma jovem cheia de vida e espontaneidade, que sabe uma porção de coisas. Ela sabe quantos passos separam sua casa do ponto de ônibus. Sabe que adora trabalhar como atendente em um café e sabe que provavelmente não ama seu namorado, Patrick. O que Lou não sabe é que está prestes a perder o emprego, e que isso a obrigará a repensar toda sua vida. Will Traynor, por sua vez, sabe que o acidente com a motocicleta tirou dele a vontade de viver. Ele sabe que o mundo agora parece pequeno e sem graça, e sabe exatamente como vai dar um fim a tudo isso. O que Will não sabe é que a chegada de Lou vai trazer de volta a cor à sua vida. E nenhum deles desconfia de que esse encontro irá mudar para sempre a história dos dois. 

Louisa Clark levava uma vida simples, sem sobressaltos e sem ambições. Morava com a família e tinha um namorado, Patrick, que não se importava muito com ela. Tudo começa a mudar quando Lou perde o emprego. Após procurar emprego em vários lugares, surge uma vaga de cuidadora de um tetraplégico. De início, Lou não quer aceitar o trabalho, mas o salário é bom e ela precisa do dinheiro para ajudar a família.

Will Traynor tem 35 anos e ficou tetraplégico após ser atropelado por uma moto. Quando Lou conhece Will, tem vontade de largar o emprego no primeiro dia. Ele é mal-humorado e sarcástico. Mas Lou permanece no trabalho e, aos poucos, consegue melhorar sua relação com Will.

Quando Lou descobre que Will está querendo morrer, começa a lutar para fazê-lo mudar de ideia. Inventa vários passeios e coisas divertidas para fazer com ele, para que fique feliz e veja que ainda pode aproveitar a vida, mesmo sendo cadeirante.

Enquanto Lou se esforça para fazer Will mudar de ideia, ele se esforça para que ela mude seu modo de vida. Will quer que Lou conheça outros lugares, volte a estudar e faça coisas diferentes.

A maior parte do livro é narrada por Lou. Próximo ao final, alguns capítulos são narrados por outros personagens. É interessante ver o ponto de vista dos outros sobre a trama. Só faltou o ponto de vista de Will.

A história é triste, mas é linda! Faz a gente pensar em como desperdiçamos nossa vida deixando de fazer o que temos vontade e nos queixando por causa de problemas pequenos. Deveríamos aproveitar cada momento e agradecer todos os dias. O importante não é o que temos, mas o que somos.

Recomendo a leitura para quem quer se emocionar. Ainda não vi o filme, mas estou ansiosa para assistir!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e faça uma blogueira sonhadora feliz!